FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 25 Out 2016

1º Orçamento Participativo Transfronteiriço apoia três projetos comuns a Tomiño e Cerveira

O primeiro Orçamento Participativo Transfronteiriço vai permitir apoiar três projetos comuns a Tomiño e Vila Nova de Cerveira. Durante um mês, os cidadãos das duas […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O primeiro Orçamento Participativo Transfronteiriço vai permitir apoiar três projetos comuns a Tomiño e Vila Nova de Cerveira. Durante um mês, os cidadãos das duas localidades vizinhas vão poder escolher três projetos de cooperação de um total de seis que integram o 1º Orçamento Participativo Transfronteiriço (OPT) Cerveira-Tomiño, sendo que o processo de votação decorre entre 10 de novembro e 10 de dezembro na plataforma participacerveiratomino.eu.
Trata-se de um projeto pioneiro na Euroregião Norte de Portugal/Galicia que tem como objetivo incentivar os cidadãos dos dois concelhos vizinhos na concretização de soluções para colmatar necessidades comuns. O orçamento previsto de 20.000 euros, financiado a 50% pelas duas câmaras municipais, servirá para custear os projetos assumidos conjuntamente, após a votação popular.
Aurora Viães, da autarquia de Cerveira, deu a conhecer as seis propostas a votação, distribuídas por três áreas: na Educação, Semana da Comunidade Educativa Cerveira-Tomiño 2017 e 1º Campus Desportivo e Educativo Cerveira-Tomiño; na Cultura, Festa Amizade Cerveira-Tomiño e Encontro de Criatividade Cultural e Música do Minho; na Acção Social, Programa de Voluntariado de Apoio à Inclusão Social Infantil e Juvenil e Acessibilidade Sem Fronteiras: Programa transfronteiriço para a informação, apoio e visibilidade das problemáticas de acessibilidade.
Já a alcaldesa de Tomiño lembrou que esta “é uma experiência piloto integrada na Agenda Estratégica no programa de ‘Promoção da Participação Pública e de Cidadania Transfronteiriça’, pelo qual os concelhos de Cerveira e de Tomiño decidiram apostar por um mecanismo de participação cidadã, em prol da consolidação do intercâmbio existente e da constante melhoria da qualidade de vida dos nossos cidadãos”.
Os projetos de cooperação que vão ser submetidos a votação resultam de um intenso trabalho desenvolvido ao longo de 2016, através da constituição de três grupos de trabalho correspondentes às áreas de intervenção da Educação, Cultura/Juventude e Ação Social. Cerca de 40 entidades dos dois lados da fronteira mantiveram reuniões permanentes alternadamente nos dois concelhos, onde debateram dificuldades, apresentaram ideias e encontraram potenciais sinergias.
Após o cruzamento e definição de pontos convergentes, as autarquias de Vila Nova de Cerveira e de Tomiño procederam ao levantamento dos recursos relevantes para o desenvolvimento das atividades sinalizadas pelos respetivos grupos, tendo sido constituídas como propostas que são agora colocadas à discussão e seleção por parte das populações.
A apresentação dos três projetos mais votados está agendada para dia 12 de dezembro.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts