FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 30 Out 2016

AFVC: Vianense volta a perder em casa para o campeonato frente ao Cerveira

O CD Cerveira venceu este domingo o SC Vianense por 2-3 no campo nº 2 do Estádio Dr. José de Matos, impondo a terceira derrota […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O CD Cerveira venceu este domingo o SC Vianense por 2-3 no campo nº 2 do Estádio Dr. José de Matos, impondo a terceira derrota à equipa de Viana do Castelo na presente edição do Campeonato Distrital da 1ª Divisão, em jogo da 6ª jornada da prova.
Mendonça, aos 8 minutos, ainda adiantou os donos da casa, mas Abel, aos 28, e Rui Silva, aos 67, viraram o resultado para o Cerveira (1-2). Góios ampliou a vantagem (1-3) para a equipa de Pedro México pouco depois, aos 70 minutos. Gerson de penalti (77) ainda reduziu (2-3), mas foi insuficiente para o Vianense evitar nova derrota no campeonato.
A partida até começou favorável para a equipa de Leandro Pires. Mendonça, após um livre lateral na direita, abriu o marcador para os locais, com uma cabeçada que não deu qualquer hipótese de defesa a Pedro Vasconcelos.
Mas, após vinte minutos, a equipa comandada por Pedro Ferreira (México) que vinha insistindo com várias investidas junto da grande área de Vítor conseguiu dar a volta ao resultado. Abel empatou a partida, aos 28 minutos, após jogada individual no corredor central sem oposição da defensiva da casa.
Na primeira parte o jogo foi bom e apesar de ter entrado melhor, o Vianense manteve-se mais longe da baliza contraria permitindo ao Cerveira um ligeiro ascendente. Os forasteiro estiveram sempre mais vezes com a bola em seu poder e criaram muitas dificuldades ao ultimo reduto dos vianenses.
Na segunda metade o jogo caiu de intensidade, mas o CD Cerveira continuou a comandar as operações. Aos 67 minutos, Rui Silva acabado de entrar no desafio fez a “remontada” e acabou por dar alguma justiça ao marcador. Vítor, o melhor homem em campo, já por várias vezes tinha evitando o golo dos visitantes com defesas de grande nível.
Pouco depois, aos 70 minutos, Góios aumentou a vantagem (1-3) e praticamente acabou com as esperanças do Vianense de conseguir pontuar. Gerson aos 77, de grande penalidade ainda deu algum fôlego à equipa da casa, mas o golo foi insuficiente para evitar a derrota do Sport Clube Vianense.
Pedro Vilaça o arbitro do encontro e os seus auxiliares realizaram uma boa atuação, pena foi que o relógio do Juiz da partida o tenha traído. Vilaça mandou o seu auxiliar levantar a placa com três minutos de desconto quando na realidade ainda só se tinham jogado 87 minutos. Na pratica não ouve tempo de compensação!

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts