FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 26 Out 2016

Candidatura à UNESCO vai avançar: Formalizada parceria de constituição do Geoparque Litoral de Viana do Castelo

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, o Departamento de Ciências da Terra da Universidade do Minho, o Departamento de Ciências da Terra da Universidade […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, o Departamento de Ciências da Terra da Universidade do Minho, o Departamento de Ciências da Terra da Universidade de Coimbra; a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, a Quercus e o MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente assinaram esta quarta-feira o protocolo para o desenvolvimento do Geoparque Litoral de Viana do Castelo. Um projeto de elevado interesse patrimonial, ambiental e turístico que vai envolver todo o concelho de Viana do Castelo. José Maria Costa realçou a importância deste projeto que, no futuro, vai ser alvo de uma candidatura à Unesco. Nesta altura já há uma primeira candidatura aprovada, no valor de 350 mil euros, para criar as bases deste Geoparque, e que prevê uma série de dispositivos virtuais para dar a conhecer esta riqueza patrimonial, incluindo um site vocacionado para o Geoparque de Viana do Castelo. O prazo de implementação é de 2 anos. Vai ainda ser apresentada a candidatura a uma segunda fase, com o mesmo montante, como explicou Ricardo Carvalhido, da Universidade do Minho e o responsável pelo projeto Recorde-se que a Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou recentemente a classificação de mais dez geossítios como monumentos naturais locais. Esta classificação do inventário de património geológico do concelho é feita no âmbito da segunda fase de implementação do projeto Geoparque Litoral de Viana do Castelo, que já integra 5 geossítios classificados. O processo de classificação na Categorias e Tipologia de Áreas Protegidas Monumento Natural Local agrega assim dez geossítios para integrar oito novos monumentos naturais identificados durante a segunda (de um conjunto de três fases). Mais tarde, é intenção da autarquia candidatar este conjunto de geossítios à rede de Geoparques Património da Humanidade.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts