FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Out 2016

Exército abre dois processos disciplinares para investigar mortes no curso de Comandos

O Exército Português anunciou esta quinta-feira ter instaurado dois processos militares por “indícios de prática de infração disciplinar” para averiguar as causas da morte de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Exército Português anunciou esta quinta-feira ter instaurado dois processos militares por “indícios de prática de infração disciplinar” para averiguar as causas da morte de dois militares durante um curso de Comandos. Recorde-se de um dos comandos que acabou por perder a vida era o jovem Dylan da Silva, natural de Gemieira, no concelho de Ponte de Lima, que morreu a 10 de setembro.
Na página oficial do Exército pode ler-se que “na sequência dos processos de averiguações instaurados no âmbito do 127º Curso de Comandos e tendo-se apurado nos mesmos indícios da prática de infração disciplinar, foi determinada a abertura até à presente data, de dois processos disciplinares pelo Comandante das Forças Terrestres”. O jovem limiano ingressou num curso de informática com 15 anos, na Escola Profissional do Alto Lima, onde esteve três anos. Foi um dos militares que tiveram de ser internados depois de um treino do curso de Comandos. Dylan da Silva estava à espera de um transplante hepático, mas acabou por não resistir.

Está ainda a ser feita uma inspeção técnica extraordinária sobre os referenciais do curso e o processo de seleção e que fez com que a realização de mais cursos de comando fosse suspensa até as conclusões serem apresentadas.
As mortes dos dois jovens Dylan da Silva e Hugo Abreu, no mês de setembro. estão também a ser investigadas pelo Ministério Público e pela Polícia Judiciária Militar.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts