FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 24 Out 2016

Monção aposta na defesa patrimonial de Vale de Poldros

No habitual périplo pelas freguesias, o presidente da Câmara Municipal de Monção, Augusto de Oliveira Domingues, acompanhado pela vice-presidente, Conceição Soares, e pelo vereador, Paulo […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

No habitual périplo pelas freguesias, o presidente da Câmara Municipal de Monção, Augusto de Oliveira Domingues, acompanhado pela vice-presidente, Conceição Soares, e pelo vereador, Paulo Esteves, tomou contato com os trabalhos em desenvolvimento na freguesia e com as prioridades defendidas pelo executivo local. Por um lado, a melhoraria das acessibilidades entre os lugares de Riba de Mouro e as freguesias vizinhas. Por outro, o reforço da componente patrimonial e turística associada a Santo António de Vale de Poldros. Duas áreas de intervenção prioritárias juntamente com a requalificação do cemitério da freguesia. Nesta deslocação a Riba de Mouro, onde a participação popular se fez sentir com bastante assiduidade, manifestando opinião sobre determinados assuntos, um dos pontos de visita foi Santo António de Vale de Poldros, local com enorme potencial turístico/patrimonial e com muitas histórias para contar. Neste percorrido pela branda, com umas cardenhas em estado natural e outras recuperadas, Augusto de Oliveira Domingues verificou o trabalho efetuado na limpeza e na valorização dos caminhos com calçada à portuguesa e inteirou-se das preocupações locais para aquele espaço. José Manuel Fernandes apontou a necessidade de melhoramentos na recolha de lixo, na iluminação pública, e na sinalética, focando-se ainda na valorização dos espaços de estacionamento automóvel. Defendeu que qualquer intervenção deve ter sempre em conta a identidade e caraterísticas do local, fugindo das “atrocidades” do passado. Augusto de Oliveira Domingues reafirmou o propósito de continuar a desenvolver planos de salvaguarda patrimonial como aconteceu em Lapela, Ponte do Mouro e Paçô do Monte e a valorizar todos os espaços de interesse patrimonial, cultural e turístico existentes no concelho.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts