FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 12 Out 2016

Náutica: Delegações da World Surf Cities em Viana do Castelo para conhecer realidade do concelho

As delegações dos dez países que compõe a World Surf Cities Network, à qual Viana do Castelo se juntou em 2014, vão estar em Viana […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

As delegações dos dez países que compõe a World Surf Cities Network, à qual Viana do Castelo se juntou em 2014, vão estar em Viana do Castelo de 15 a 17 de outubro para conhecer a realidade desta modalidade no concelho. Esta visita integra o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Município no Centro de Alto Rendimento de Surf e com o Surf Clube de Viana para promoção deste desporto náutico.
Em Viana do Castelo, as delegações de Gold Coast e Newcastle (Austrália), Santos (Brasil), Arica (Chile), San Sebastian e Las Palmas (Espanha), Ericeira (Portugal), Durban (África do Sul), New Plymouth (Nova Zelândia), a que se junta Viana do Castelo, vão conhecer as praias, os clubes e a cidade através de visitas, free surf e encontros.
De lembrar que Viana do Castelo aderiu à World Surf Cities Network, uma entidade que visa promover o surf como sector económico em todas as suas vertentes, indústria, turismo e desporto. A World Surf Cities permite aumentar a atratividade turística das cidades e internacionalizar marcas de surf, de produtos e de serviços, promover o desenvolvimento de Surf Cities e melhorar o posicionamento de cada cidade no cenário internacional. Neste momento, são dez as cidades que compõem a rede.

Esta adesão integra o objetivo definido no âmbito do projeto Centro de Mar que pretende transformar Viana do Castelo em Cidade Náutica do Atlântico e, na sequência desta política, a Câmara Municipal integrou também uma candidatura ao SurfingEurope para definir e promover um produto surf turismo transnacional sustentável, fornecendo uma ampla visibilidade do produto e sua aceitação pelo mercado, e para criar um melhor posicionamento da Europa como um destino surf turismo, inovador e de qualidade, tornando-se uma referência mundial.
Assim e juntamente com o Fomento de San Sebastian, Nautisme en Bretagne, Ribamontan al Mar, Surfing Great Britain, Discover Bundoron e parceiros privados como Itxalehor, Nere e GoBasquing, a edilidade e o Surf Clube de Viana apresentaram uma candidatura para aumentar a circulação de turistas de surf ao longo da costa do Atlântico Europeu (espera-se um aumento de 10% de turistas); moldar a oferta de surf, de forma sustentável, o aumento do emprego (aumento de 5%) e desenvolvimento de empresas no setor, beneficiando a economia local, prevendo um aumento do volume de negócios de surf em 20%; e valorizar praias de surf e as ondas como recursos para as comunidades locais para o seu valor económico, social e natural.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts