FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 25 Out 2016

Deputados do PSD visitam património do Alto Minho e pedem apoios do Governo

O PSD levou a cabo as Jornadas do Património e da Cultura, fazendo um levantamento da realidade e das necessidades do distrito. Neste âmbito, os […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O PSD levou a cabo as Jornadas do Património e da Cultura, fazendo um levantamento da realidade e das necessidades do distrito. Neste âmbito, os deputados do PSD visitaram três locais de referência na região: Paço de Giela, aldeia de Sistelo e a Fortaleza de Valença. “Este é um património que, por motivos próprios de cada um, merece e deve ter a atenção do Governo”, disse Emília Cerqueira, no final da visita.
A visita iniciou-se no concelho de Arcos de Valdevez, depois de uma reunião prévia com o presidente da Câmara Municipal, João Esteves, no Paço da Giela, um monumento nacional, que tem a sua Torre de Menagem em relevo, tendo sido construída no século VI e substituída pela atual na Idade Média, tendo também depois estruturas já do século XVI. “É um monumento que pela sua relevância é um dos mais visitados, tendo sido recentemente reconstruído, pela autarquia arcuense”, relembrou a deputada Emília Cerqueira. Por isso, a deputada defende que “estando a obra feita é preciso que haja atenção quanto à sua manutenção, devendo haver apoios do Governo para tal”.
Os deputados do PSD visitaram ainda a aldeia de Sistelo. “Embora não parecendo uma obra arquitetónica é muito mais que isso”, enfatiza Emília Cerqueira, relembrando que aquela aldeia é a primeira a ter uma candidatura a património cultural. Para além da atenção que deve ser dada à candidatura a decorrer, a deputada social-democrata alerta para a necessidade da “existência de verbas para todos os arranjos exteriores da aldeia, bem como de apoios para os proprietários para que possam continuar a recuperar e a manter os socalcos, de forma a não se perder um património único no país”.
Já em Valença, a fortaleza mereceu a atenção dos deputados do PSD. “É a mais bem conservada da Europa quando falamos da sua extensão de cerca de cinco quilómetros, com características militares, construída ao longo de quase cinco séculos. Estas especificidades, aliada ao facto de ela se estender à cidade vizinha galega de Tui, permitiu que se lançasse uma candidatura a património mundial da Unesco”, salientou a deputada.
“A continuação deste processo e o apoio nos passos a dar são fundamentais, para esta cidade que é uma eurocidade, possa manter valorizar mais ainda esta sua mais-valia, em que se alia o património arquitetónico, com o turismo e o comércio local. A repercussão com a designação da UNESCO seria enorme e toda a região teria a ganhar”, concluiu Emília Cerqueira.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts