FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 10 Out 2016

Rádios Antigos em Valença: Uma viagem à época de ouro da rádio

O Núcleo Museológico de Valença, recuou 80 anos no tempo, à descoberta da “Radiofonia – A Paixão do Valenciano Sansão Vaz” que reúne 41 rádios […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Núcleo Museológico de Valença, recuou 80 anos no tempo, à descoberta da “Radiofonia – A Paixão do Valenciano Sansão Vaz” que reúne 41 rádios antigos, até 26 de novembro. Uma exposição que mergulha o visitante no imaginário da rádio antiga, das válvulas, dos botões cromados, do som da radiofonia, de design retro, das velhas grafonolas. Um convite irresistível para os nostálgicos da rádio descobrirem aparelhos tipo cofre, capela e portáteis, das décadas de 20 a 60, do século passado. Da Holanda à Alemanha, do Canadá aos Estados Unidos da América, do Japão ao Brasil e tantos outros, é possível encontrar aparelhos que colocaram o mundo a comunicar em tantas línguas e lugares. Uma exposição evocativa de uma das maiores coleções nacionais, hoje, pertença dos descendentes do valenciano Sansão Vaz que, no seu conjunto, reúne mais 500 aparelhos entre telefonias, recetores / emissores de guerra e aparelhos de gravação. A coleção de Sansão Vaz tem aparelhos que vão de 1928 até à década de 60. Pela curiosidade, até não faltam três exemplares alemães, do tempo do nazismo, chamados rádios “Mordaça” por só emitirem em áreas restritas deste país. Sansão Vaz foi uma figura valenciana emblemática que todos associavam ao mundo da rádio e das antigas cabines de som das festas e romarias. Do passatempo nasceu uma paixão, de alguns chegou a mais de 500 aparelhos. Até aos últimos dias de vida Sansão Vaz zelava por estas preciosidades com toda a paixão, fazendo questão de os manter todos a funcionar.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts