FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 17 Out 2016

STAL denuncia caso de agressão a Bombeiro Municipal de Viana por parte de colega

Segundo o STAL – Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local , na passada terça-feira, dia 11 de outubro, um bombeiro da corporação de Bombeiros Municipais […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Segundo o STAL – Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local , na passada terça-feira, dia 11 de outubro, um bombeiro da corporação de Bombeiros Municipais de Viana do Castelo foi alvo de uma agressão por parte de um “colega” de trabalho. Através de comunicado, a Direção Regional de Viana do Castelo do Sindicato explica que a agressão foi “cometida por um seu ‘colega’ de trabalho, que não estando ao serviço, se dirigiu ao quartel dos Bombeiros Municipais para esse fim”. O bombeiro teve mesmo de receber tratamento hospitalar.
O STAL refere que “esta situação, a todos os títulos reprovável, decorre do ambiente de trabalho que se vive entre estes profissionais, para a qual muito tem contribuído o tratamento/relacionamento cada vez mais difícil destes operacionais com o Comando”. Diz ainda o sindicato que este relacionamento “tem sido a causa de muitas divisões num grupo de trabalho que, pelas suas atribuições e especificidades, se quer unido e sem quezílias que prejudiquem o seu bom desempenho”.
No documento, o STAL diz que esta é uma “realidade” que o presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, responsável máximo da Proteção Civil, “não pode ignorar e/ou menosprezar”, afirmando que o sindicato já tem reportado “há muito” os problemas sentidos no corpo de Bombeiros Municipais.
Questionado pela Geice, o presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, optou por não fazer comentários. No entanto, revelou ter tomado conhecimento desta situação e deu instruções para abertura de inquérito.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts