FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 10 Nov 2016

IP investe mais de meio milhão de euros em estradas de Caminha

A empresa Infraestruturas de Portugal (IP) está a investir no concelho de Caminha, em obras de melhoria/qualificação de viadutos e outros melhoramentos de mais de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A empresa Infraestruturas de Portugal (IP) está a investir no concelho de Caminha, em obras de melhoria/qualificação de viadutos e outros melhoramentos de mais de meio milhão de euros. Os trabalhos desenvolvem-se em coordenação com a Câmara Municipal de Caminha, ao longo da EN 13, entre as freguesias de Âncora e Moledo. Estas obras, seis no total, fazem parte de um Plano da IP para o distrito de Viana do Castelo, com execução agendada para este ano. Já em 2017, a empresa prevê também lançar a obra de requalificação da EN 301, de beneficiação do acesso de Caminha ao IC1/A28 (estrada que vai de Caminha a Vilar de Mouros – nó da autoestrada). A intervenção tem um valor base de 600 mil euros, a que acresce IVA. Esta é uma obra muito importante e reivindicada pelo Município com insistência, a que a empresa foi sensível, já que a estrada nacional apresenta deficiências de vária ordem, algumas das quais entretanto minimizadas, mas apenas com intervenções de caráter pontual e urgente. Para 2018, a IP calendarizou trabalhos para a ER 13, na rotunda, ao km 80+920 (Gelfa), prevendo gastar mais de 250 mil euros nesta intervenção. As obras que estão a ser executadas nesta altura dizem respeito à Ponte sobre o Rio Âncora, ao km 81 + 932. Em Vila Praia de Âncora as beneficiações acontecem ao km 82+ 890, 83 + 073, 83 + 210 e 83 + 633. Em Moledo, a intervenção será ao km 87 + 356. Recorde-se que a Infraestruturas de Portugal é a empresa pública que resulta da fusão entre a Rede Ferroviária Nacional – REFER, E.P.E. (REFER, E.P.E.) e a EP – Estradas de Portugal, S.A. (EP, S.A.) e faz com que as infraestruturas rodoviárias e ferroviárias sejam agora geridas por uma única empresa.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts