FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 04 Nov 2016

Juventude de Viana vai à Alemanha e quer chegar “o mais longe possível”

É na Alemanha que a Juventude de Viana discute este Sábado, 5 de novembro, a 1ª mão da primeira eliminatória da Taça CERS frente ao […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

É na Alemanha que a Juventude de Viana discute este Sábado, 5 de novembro, a 1ª mão da primeira eliminatória da Taça CERS frente ao Darmstadt. Como sempre, a equipa de Renato Garrido só pensa em trazer a vitória. Apesar de ainda não ter vencido no campeonato nacional, a Juventude de Viana parte como favorita para este encontro, dada a qualidade da equipa vianense e do campeonato português.
Este encontro fica marcado pelo reencontro de dois portugueses que já jogaram juntos e estão agora um de cada lado: Gonçalo Suissas e Alexandre Andrade. Na antevisão da partida, Suissas lembra o pensamento da equipa: “Encaramos todos os jogos com o intuito de vencer e este é mais um. Sabemos que estes jogos têm a particularidade de se disputarem em duas mãos. Neste caso, começamos fora e é importante vencer e tentar não sofrer golos para, em casa, termos a possibilidade de fechar a eliminatória com a passagem à fase seguinte”.
Já em relação a favoritismos, o português é mais cauteloso: “O campeonato português é certamente mais competitivo que o alemão e isso pode ser uma vantagem em relação ao ritmo de jogo, mas teoricamente a principal vantagem que poderemos ter será a experiência neste tipo de competições. Teoricamente admitimos o favoritismo mas teremos de provar em campo o mesmo. As principais dificuldades será a adaptação ao piso, os alemães têm um jogo muito físico e isso certamente que nos causará dificuldades”.
Não sendo a Taça CERS uma excepção, “os nossos objetivos em todas as competições passam por ir o mais longe possível e a Taça CERS não foge à regra. Era bonito para a cidade e para o clube conseguirmos estar presentes na final four”.
Quanto ao seu “velho” conhecido Alexandre, dos tempos do Paço d’Arcos, Suissas é peremptório a afirmar que é o melhor jogador da equipa, tecendo-lhe elogios. “Sim já joguei com o Alex, é certamente o melhor jogador da sua equipa e é aquele que mais desequilibra, vamos estar atentos”. E sabendo que o ambiente será certamente adverso Suissas sublinha: “gostamos de jogar neste tipo de ambientes”.
Na edição anterior da Taça CERS a Juventude de Viana foi afastada nos oitavos de final pela equipa espanhola do Vilafranca que chegaria mesmo à final e que poderá voltar a defrontar nesta competição, caso vianenses e catalães ultrapassem esta eliminatória.
O jogo será transmitido em direto pela Rádio GEICE.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts