FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 04 Nov 2016

Presidente da Confederação Empresarial de Portugal junta-se a empresários do Alto Minho contra as portagens

Esta sexta-feira, o presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal visitou a cidade de Viana do Castelo para participar num jantar/debate com os empresários […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Esta sexta-feira, o presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal visitou a cidade de Viana do Castelo para participar num jantar/debate com os empresários do Alto Minho e juntou-se às vozes contra as portagens na região. Nas instalações da AEVC – Associação Empresarial de Viana do Castelo, António Saraiva afirmou que “temos que ser facilitadores do desenvolvimento do setor empresarial”, considerando que as portagens são um fator negativo “que tem de ser esbatido”.
António Saraiva referiu que “ir ao terreno” é o principal objetivo, para “ouvir os empresários e transmitir-lhes uma mensagem de esperança”. A CIP tem percorrido o país, contactando com associações e empresários diversos, e tem recebido como principais preocupações “a necessidade da promoção do investimento”, a necessidade de aposta na “inovação”, para aumentar a competitividade e estimular a diferenciação.
O responsável diz que os empresários se sentem “de uma forma crescente” atraídos pelo Alto Minho. A proximidade com o polo automóvel situado na Galiza torna a região atrativa a nível industrial, refere António Saraiva, destacando também o desenvolvimento dos antigos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, agora West Sea.
Como principais desafios da economia portuguesa, António Saraiva apresenta “a inovação e a qualificação dos trabalhadores e dos empresários”. Para o presidente da CIP, a aposta tem de ser “firme” na inovação “e na requalificação dos produtos e das pessoas”, procurando novos mercados e criando valor.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts