FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 28 Dez 2016

Aquamuseu do rio Minho com 40 iniciativas preparadas para 2017

No novo ano que se avizinha, o Aquamuseu do rio Minho, em Vila Nova de Cerveira, vai promover cerca de 40 iniciativas. A programação integra […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

No novo ano que se avizinha, o Aquamuseu do rio Minho, em Vila Nova de Cerveira, vai promover cerca de 40 iniciativas. A programação integra o Plano de Atividades do Aquamuseu e inclui visitas guiadas, atividades, exposições e eventos que têm como objetivos interação com toda a comunidade e a sensibilização para a conservação do património natural.
Para todos os meses e para todas as faixas etárias, o Aquamuseu apresenta diferentes sugestões lúdico-pedagógicas que motivam a visita àquele espaço. Os alunos do pré-escolar ao ensino secundário continuam a ser convidados a participar num conjunto de atividades pedagógicas apropriadas a cada ano escolar e programa curricular. Para além da componente teórica, onde podem contextualizar conceitos, há também uma grande preocupação por parte da direção daquele equipamento municipal em aplicar a vertente prática através da experiência. As sugestões são diversas, desde ‘Pintar os peixes do rio Minho’; ‘Conhecer os animais’; ‘Conhecer as plantas’; ‘Pedipaper’; ‘Os pequenos animais que vivem no sedimento’; ‘As formas das folhas’; ‘O meio físico e químico’; ‘Alterações climáticas e ciclo da água’; entre outras.
Para a ocupação de tempos livres das crianças e jovens do concelho,  nas interrupções letivas, o Aquamuseu do rio Minho também já tem organizado um conjunto de ações. Para as Férias da Páscoa, a temática sugerida é “As Aves e a Primavera” (10 a 13 de abril), para as Férias de Verão estarão em destaque “Os Peixes Migradores” (4 a 7 de julho), e nos ateliers de Verão será abordada a “Reutilização de Materiais” (18 a 25 de agosto).
As atividades também são alargadas a toda a comunidade, propondo a participação na iniciativa “Do rio para o mar… a ver o lixo passar – Os valores do Ribeiro de São Gonçalo”, patente ao longo de todo o ano, assim como na “Recolha do Lixo das margens do rio Minho”, entre abril e maio.
Ao nível de exposições temporárias, existem algumas com caráter trimestral, nomeadamente sobre a lampreia, o sável, a solha e a enguia; e as bimestrais, dedicadas à truta comum, à truta marisca, à boga, ao ruivaco, ao barbo e ao salmão. Em parceria com o CMIA de Viana do Castelo, entre fevereiro a março, vai estar patente a mostra intitulada “Florestas, um património a descobrir”; e no período de verão, entre julho e setembro, “O rio Minho, a Pesca no Feminino” e “Comunicar a Ciência: Biologia no Verão”.
Nos dias 15 e 16 de julho, o XII aniversário do Aquamuseu do rio Minho volta a ser celebrado com um vasto programa, convidando a população a desfrutar.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts