FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 15 Dez 2016

Câmara de Viana adere ao Programa Cidades Amigas das Crianças da UNICEF

A Câmara Municipal de Viana do Castelo acaba de assinar um protocolo de adesão do município ao Programa Cidades Amigas das Crianças. O programa visa […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Viana do Castelo acaba de assinar um protocolo de adesão do município ao Programa Cidades Amigas das Crianças. O programa visa promover a aplicação dos direitos da criança nas decisões, políticas e programas dos municípios portugueses, incentivando à adoção de uma política coordenada para a infância e adolescência. Pretende-se assegurar o bem-estar de todos os cidadãos e em particular dos mais jovens, potenciar a participação das crianças na vida da comunidade e o trabalho em rede entre entidades públicas e privadas envolvidas na defesa dos direitos da criança.
O presidente da Câmara Municipal, José Maria Costa, e a diretora Executiva do Comité Português para a UNICEF, Madalena Marçal Grilo, assinaram a adesão de Viana do Castelo, feita através de pedido formal à UNICEF, prevendo assim que seja nomeado um Mecanismo de Coordenação para promover a elaboração do Plano de Ação Local e enviar à UNICEF o Plano.Já a UNICEF compromete-se a disponibilizar a informação necessária para a definição do Mecanismo de Coordenação e elaboração do Plano de Ação Local ao Município, acompanhar e providenciar apoio técnico, dentro das suas possibilidades, ao Município na implementação do Programa e a potenciar o trabalho em rede e de partilha de boas práticas entre municípios aderentes ao Programa Cidades Amigas das Crianças.
A Iniciativa Internacional Cidades Amigas da Criança foi lançada em 1996 para promover a resolução aprovada na segunda Conferência das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (Habitat II), que transforma as cidades em locais habitáveis por todos. A conferência declarou que o bem-estar da criança é o principal indicador de um habitat saudável, de uma sociedade democrática e de boa governança.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts