FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 19 Dez 2016

Construção de central de betuminoso em Arcozelo suspensa depois de providência cautelar movida pela população

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga (TAFB) deferiu uma providência cautelar movida pela população de Arcozelo, concelho de Ponte de Lima, determinando assim a “imediata […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga (TAFB) deferiu uma providência cautelar movida pela população de Arcozelo, concelho de Ponte de Lima, determinando assim a “imediata suspensão” da construção de uma central de betuminoso na freguesia. O anúncio foi confirmado nas redes sociais pela Associação Cívica – Verde Maiúsculo de Arcozelo, depois de a presidente da associação ter feito o mesmo anúncio durante a última Assembleia Municipal de Ponte de Lima.
No comunicado da associação pode ler-se que “a população de Arcozelo, Ponte de Lima, está CONTRA a instalação de uma Central de Betuminoso, no centro da freguesia” e “informa toda a população do concelho de Ponte de Lima que interpôs uma providência cautelar contra a Câmara Municipal de Ponte de Lima, Junta de Freguesia de Arcozelo e as empresas envolvidas neste processo”. Agora, com base nesta providência cautelar, é referido que o Tribunal Administrativo de Braga “decretou, no passado dia 16 de dezembro, a SUSPENSÃO IMEDIATA DAS OBRAS de construção desta Central de Betuminoso”. “Este foi o primeiro grande passo para pôr fim à instalação desta Central de Betuminoso que é extremamente nociva para todos”, refere a associação, prometendo que “a luta continua”.
A presidente da Associação Cívica explicou que a Central de Betuminoso deverá produzir cerca de 120 toneladas de betuminoso por dia, acreditando que os cerca de dez camiões que vão passar pelas vias centrais da aldeia, em cada dia, são uma “brutalidade”.
Já o autarca limiano, Victor Mendes, explicou à população, na Assembleia Municipal, que o Ministério da Economia atribuiu ao projeto a classificação tipo 3, que representa perigo de poluição “praticamente nulo”, considerando que a população pode estar tranquila.
Imagem: Facebook ‘Arcozelo está de luto’

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts