FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 09 Jan 2017

Governo aprovou candidaturas que garantem saneamento a 1831 pessoas de freguesias de Monção

A Câmara Municipal de Monção já mostrou estar satisfeita face à confirmação de financiamento das candidaturas de saneamento básico apresentadas pelo município ao Governo. Após […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Monção já mostrou estar satisfeita face à confirmação de financiamento das candidaturas de saneamento básico apresentadas pelo município ao Governo. Após meses de espera, o Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) aprovou o financiamento das candidaturas apresentadas pela autarquia monçanense para o saneamento básico em Mazedo, Cambeses, Longos Vales, Troviscoso e Troporiz, que totalizam um montante ilegível de 1,8 milhões de euros para uma comparticipação de 85%.
Augusto Domingues, autarca de Monção, refere que “são obras fundamentais para a elevação da qualidade de vida das populações e preservação do meio ambiente”. Por isso garante sentir “uma grande satisfação com esta aprovação porque, em virtude do avultado esforço financeiro, seria impensável avançarmos sozinhos com estas intervenções”. O custo global das empreitadas deverá ser superior a 2 milhões de euros, ficando o restante valor sob responsabilidade da autarquia. O próximo passo será o lançamento do respetivo concurso público para execução da empreitada.
O investimento previsto, localizado em espaços urbanizados do território concelhio, consiste na construção de infraestruturas de saneamento de águas residuais, incluindo a rede de drenagem de saneamento residual, estações e condutas elevatórias.
Em Mazedo, a empreitada compreende os lugares de Estrada, Carrazedo, Eirado, Pomar, Regueiro, Breia, Calvário, Requião, Antoinha e Agrelo, beneficiando 712 habitantes. Em Cambeses, os lugares de Milagres, Figueiras, Terra Nova, Sende e Veiga, contemplando 326 habitantes.
Em Longos Vales, serão beneficiados 180 habitantes dos lugares da Bouça, Corgo e Serzedo enquanto a intervenção em Troporiz prevê abranger 440 habitantes dos lugares de Alho, Igreja, Lage, Rebouça, Souto e Giesteira e, em Troviscoso, 173 habitantes dos lugares da Pedra e Monte Redondo. No total, passarão a dispor de saneamento básico 1831 habitantes.
Todas as intervenções estão inseridas em zonas já abrangidas pelos sistemas em alta da empresa ”Águas do Norte, S.A” com um sistema composto por coletores gravíticos ou por sistema de bombagem para a condução dos efluentes para a Estação de Tratamento de Águas Residuais de Monção.
Refira-se que o presente investimento corresponde aos lugares mais densamente urbanizados do concelho que, na atualidade, não dispõem de rede de drenagem. Assumem-se de extrema importância para a resolução de graves problemas sanitários existentes que resultam do deficiente funcionamento das fossas séticas individuais, decorrente das más condições naturais de drenagem do solo.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts