FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 23 Jan 2017

Renovado Salão Nobre dos Bombeiros de Vila Praia de Âncora acolhe reunião descentralizada

Esta quarta-feira, 25 de janeiro, o renovado Salão Nobre dos Bombeiros de Vila Praia de Âncora é palco da primeira reunião pública descentralizada deste ano. […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Esta quarta-feira, 25 de janeiro, o renovado Salão Nobre dos Bombeiros de Vila Praia de Âncora é palco da primeira reunião pública descentralizada deste ano. Miguel Alves e os vereadores da Câmara de Caminha estão de regresso à vila mais populosa do concelho para esclarecerem e ouvirem as questões colocadas pelos ancorenses, numa sessão que acontece no edifício do Cineteatro dos Bombeiros ancorenses, pelas 18H30. O executivo está a realizar a 3ª temporada das reuniões públicas descentralizadas. Nas reuniões anteriores de Vila Praia de Âncora os temas dominantes foram Dólmen da Barrosa, Duna dos Caldeirões, Travessa do Teatro e Cineteatro dos Bombeiros.
Passado um ano e meio da última reunião do executivo na freguesia, a obra de reforço da Duna dos Caldeirões está concluída e está em execução a recuperação do espaço envolvente ao Dólmen da Barrosa, a realizar no âmbito do Orçamento Participativo de Caminha. Sobre a Travessa do Teatro, as notícias também são boas, após uma longa e complexa negociação, a Câmara e a empresa Infraestruturas de Portugal (IP) chegaram a acordo e a Travessa vai ser dotada de uma passagem inferior pedonal sob a Linha do Minho. No âmbito da Polis Litoral Norte, está a decorrer a empreitada de proteção e reabilitação do sistema costeiro entre a Foz do Rio Âncora e Forte do Cão no montante de 160 mil euros. A empreitada da 2ª fase da requalificação do Nó da Erva Verde, um projeto orçado em mais de meio milhão de euros, também já foi adjudicada. E, por último, o apoio dado aos Bombeiros de Vila Praia de Âncora para devolverem o Cineteatro dos Bombeiros aos ancorenses.
As sessões públicas descentralizadas são um instrumento de participação que os munícipes têm à disposição para dialogar diretamente com os decisores políticos do concelho. Além de favorecerem a proximidade junto da população, estas reuniões permitem ao executivo ouvir, esclarecer e prestar contas da gestão municipal, contribuindo assim para uma democracia local mais participativa. Estas reuniões públicas apresentam como único ponto da ordem de trabalhos a audição dos munícipes.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts