FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 16 Fev 2017

CDS de Viana manifesta “profundo repúdio e indignação” pelo encerramento da delegação da RTP

A Comissão Política Concelhia (CPC) do CDS de Viana do Castelo manifestou, através de comunicado, o seu “mais profundo repúdio e indignação” face ao possível […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Comissão Política Concelhia (CPC) do CDS de Viana do Castelo manifestou, através de comunicado, o seu “mais profundo repúdio e indignação” face ao possível encerramento da delegação da RTP em Viana do Castelo e da RDP em Braga, no âmbito do processo de reorganização das suas delegações nacionais. O CDS considera que esta é “mais uma afronta e ataque às gentes e população do Alto Minho”.

Recorda o partido que a RTP desde o ano de 1993 que tem instalações próprias e uma delegação em Viana do Castelo, “tendo esta delegação constituído aos longo dos anos um serviço e um veículo de primordial importância na inclusão e na integração do nosso território e da nossa população”. Por isso, refere o CDS, esta é “mais uma atitude de desrespeito e descriminação negativa desta região por parte do Governo Central manifestando um total desrespeito para com o Alto-Minho e para com Viana do Castelo”.

Através da deputada do CDS eleita pelo círculo eleitoral de Viana do Castelo, Ilda Araújo Novo, a Comissão Política Concelhia vai questionar o Ministro da Cultura e o presidente do Conselho de Administração da RTP, “exigindo explicações acerca desta matéria e desta tomada de decisão que consideramos ser manifestamente atentatória dos interesses da população do Alto Minho e de Viana do Castelo”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts