FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 09 Fev 2017

Vianense começou há 3 anos a praticar artes marciais e já é campeão nacional de Kung do Te e Kempo

Paulo Leite tem 42 anos, nascido e criado em Viana do Castelo, e há cerca de três anos resolveu começar a praticar, por desporto, artes […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Paulo Leite tem 42 anos, nascido e criado em Viana do Castelo, e há cerca de três anos resolveu começar a praticar, por desporto, artes marciais, como Kung do Te e Kempo, tendo já conquistado dois campeonatos nacionais nas duas modalidades. Em entrevista à Rádio Geice FM, o atleta explicou que o Kung Do Te faz parte das “artes marciais livres”, pelo que qualquer praticante de artes marciais a pode treinar. O vianense optou pelas versões menos agressivas, de ‘light contact’.

O atleta venceu o campeonato nacional de Kung do Te em novembro passado, em Vila do Conde, e o nacional de Kempo, em dezembro, que aconteceu em Rio Maior. Paulo Leite está agora empenhado em participar no mundial de Kempo, que acontece nas Caldas da Rainha, no mês de abril.

“Nas modalidades de ‘light contact’ a força não se aplica, o que importa é a agilidade, a rapidez, a boa preparação física e a técnica”, revelou o atleta.)

O Kung Do Te (KDT) nasceu em 1973, no Leste de Angola, para dar escape à agressividade latente das tropas especiais portuguesas que aí desempenhavam as funções de defender o território nacional contra os vários grupos independentistas. Foi seu fundador o Mestre Rui de Mendonça, que após o 25 de abril de 1974, trouxe a modalidade para Portugal. Já o Kempo é uma arte marcial que reúne em si um conjunto de várias técnicas marciais e estimula todos os praticantes a procurarem a paz e o equilíbrio interior.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts