FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 06 Mar 2017

Alto Minho com 53 denúncias, 17 crimes de maus-tratos e 4 crimes por abandono de animais em 2016

A GNR acaba de apresentar os dados relativos à fiscalização de maus tratos a animais de companhia, enquadrada pela Lei n.º 69/2014, em aplicação desde […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A GNR acaba de apresentar os dados relativos à fiscalização de maus tratos a animais de companhia, enquadrada pela Lei n.º 69/2014, em aplicação desde outubro de 2014, e apesar de o número de denúncias ter diminuído, o número de crimes assinalados aumentou, bem como o número de autos de contraordenação, no ano passado.

O dispositivo da Guarda Nacional Republicana, através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), registou, em 2016, um total de  3 694 denúncias, o que corresponde a menos 116 denúncias do que em igual período de 2015, representando uma média de 10 por dia.

No ano transato foram assinalados  767 crimes, mais 112 crimes do que em igual período de 2015, correspondendo a uma média de 2 por dia. A GNR levantou ainda 5 064 autos de contraordenação, o que significa mais 380 autos de contraordenação do que em igual período de 2015. Estes autos foram levantados maioritariamente por falta de chip de identificação, vacinação e/ou falta de registo, correspondendo a uma média de 13 por dia.

No que toca aos distritos, o maior número de denúncias foi feito em Lisboa, com um recorde de 591, seguida de Setúbal, com 556, e Porto, com 471 denúncias. Viana do Castelo apresenta-se como um dos distritos com menores denúncias, com 53 registos. O número mínimo de registos foi feito na Guarda, com 30, e Bragança, com 41.

No que toca a denúncias por mês, os dados foram sendo semelhantes ao longo do ano, mas o maior número de denúncias aconteceu em março, com 374 denúncias, fevereiro, com 366, e janeiro, com 361.

Quando é analisado o tipo de crime, dividido entre maus tratos e abandono, é possível verificar que os maus tratos são os mais registados, em todos os meses do ano. Em novembro do ano passado, por exemplo, foram assinalados 57 crimes por maus tratos e 16 por abandono e, em dezembro, foram 51 maus tratos e 22 crimes de abandono. Em Viana do Castelo foram assinalados 17 crimes de maus-tratos e 4 crimes por abandono de animais.

A GNR tem disponível 24 horas/dia e com cobertura em todo o território nacional (continente e regiões autónomas) a linha “SOS Ambiente e Território”, através do número azul 808 200 520 ou através do link https://goo.gl/1zRBfA, onde os cidadãos têm a possibilidade de denunciar situações que possam violar a Legislação Ambiental e/ou Animal.

 

 

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts