FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 24 Mar 2017

Ministro do Ambiente esteve em Subportela para conhecer investimentos de águas e saneamento de Viana

O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, esteve esta sexta-feira à tarde em Subportela, concelho de Viana do Castelo, para conhecer os investimentos nas redes […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, esteve esta sexta-feira à tarde em Subportela, concelho de Viana do Castelo, para conhecer os investimentos nas redes de drenagem de águas residuais e abastecimento de água que estão a acontecer no concelho. A Câmara Municipal e os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo têm em curso um conjunto de investimentos nas redes de águas residuais e de abastecimento de água, no valor global de aproximadamente 2.6 milhões de euros. No que toca à rede de drenagem de águas residuais (saneamento), em causa estão investimentos em Deão, Vila de Punhe, Castelo do Neiva, Barroselas, Subportela (Caminho da Rompida e Estrada Municipal), Perre, Bairro de S. Roque e Escola Técnica (Monserrate), Rua Cidade de Riom e Rua Sport Clube Vianense e Rua de Olivença, num investimento de cerca de dois milhões de euros. Relativamente à rede de abastecimento de água, em curso estão investimentos de cerca de 600 mil euros em Subportela e Nogueira.

Já a Águas do Norte tem em curso cerca de 6,5 milhões de euros de investimentos no município de Viana. No Subsistema de Abastecimento de Água de S. Jorge. Reservatório de Pousados e respetiva ligação para abastecimento, a acontecer na freguesia de Nogueira, o investimento é na ordem dos 870 mil euros. No Subsistema de Abastecimento de Água de S. Jorge. Reservatórios de Milhões, Vila Franca e Barroselas e das respetivas ligações para abastecimento, o investimento é de 3,9 milhões de euros e abrange as freguesias de Alvarães, Barroselas, Carvoeiro, Mujães, Vila Franca, Vila Fria e Vila de Punhe. O terceiro investimento em curso, na ordem dos 1,3 milhões, acontece em Subportela, Mujães e Portela Susã e consiste no Subsistema de Abastecimento de Água de S. Jorge. Reservatórios de Subportela e Mujães e respetivas ligações para abastecimento.

Atualmente, a Águas do Norte, SA é a entidade gestora do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento do Norte de Portugal, que resulta da agregação das extintas Águas do Noroeste, SA e Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro, S.A., sendo responsável pela captação, tratamento e abastecimento de água para consumo público, e pela recolha, tratamento e rejeição de efluentes domésticos, urbanos e industriais e de efluentes provenientes de fossas séticas.

José Maria Costa, presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, assumiu que esta visita do ministro serviu para a autarquia “prestar contas dos trabalhos feitos” e para dar nota ao governante de que está a “acompanhar” os trabalhos a serem promovidos pelas Águas do Norte. O socialista referiu que com os investimentos em curso e que vão ser lançados “até ao mês de junho” a taxa de cobertura da rede de saneamento no município vai passar de 75% para 80% e o abastecimento de água será aumentado para “cerca de 100%”.

Esta semana o Ministro do Ambiente anunciou que vão ser disponibilizados 75 milhões de euros de fundos comunitários para municípios que se agreguem ao nível da gestão da água. Num país onde mais de 160 municípios têm menos de 20 mil habitantes, o governante considerou que “é possível ter sistemas eficientes do ponto de vista económico e financeiro e, consequentemente ambiental” com as agregações.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts