FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 30 Mar 2017

Obras no Templo de Santa Luzia fecham acesso ao zimbório e ascensor a partir de abril

A partir do início deste mês de abril as obras que vão iniciar-se no Templo-Monumento de Santa Luzia, em Viana do Castelo, vão fechar o […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A partir do início deste mês de abril as obras que vão iniciar-se no Templo-Monumento de Santa Luzia, em Viana do Castelo, vão fechar o acesso ao zimbório e ascensor daquele que é o ex-libris da cidade. André Ramos Alves, presidente da direção da Confraria de Santa Luzia, explicou à Geice que “é visível para quem está na cidade e para quem nos visita que as obras em Santa Luzia começaram em força”. Em fevereiro começaram as obras no Edifício das Tílias, que vai acolher o futuro albergue de peregrinos, o restaurante e alguns serviços da confraria. Agora, no mês de abril, “vão começar as obras que têm a ver com o templo em si”. O responsável indicou que “já foi feita uma intervenção no interior do templo, com a remodelação dos bancos e algumas condições nos acessos” e este novo mês iniciará uma intervenção “com grande impacto” que inclui as fachadas e o telhado do monumento. André Ramos Alves garantiu que, apesar de não terem uma contagem precisa, o zimbório e ascensor recebe “80 a 90 mil visitas por ano” e que a envolvente de Santa Luzia conta com “1 a 2 milhões de visitantes, anualmente”.

O presidente frisou que estas obras que iniciam em abril resultam de uma candidatura de quase 500 mil euros, financiada a 80% por fundos comunitários, para as fachadas, telhado, sinalética e recuperação do espólio. “Aguardávamos com ansiedade a abertura de candidaturas que nos permitissem fazer algumas intervenções. A principal seria a obra de maior vulto, o albergue, mas ainda não abriu nada nesse âmbito. Surgiram entretanto algumas intervenções que já tínhamos em carteira, com o interior e exterior do templo, o site da confraria, um sistema de contagem de visitantes, entre outros”, explicou André Ramos Alves.

Já a empreitada de construção do Albergue de Peregrinos de Santa Luzia está a correr “bastante bem”. Esta é uma obra que deverá estar concluída até final deste ano e, quando o albergue estiver pronto, poderá acolher 38 utentes no 1º piso.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts