FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 28 Mar 2017

Plano de Ação de Regeneração Urbana de Ponte da Barca com 2 milhões de euros para 9 projetos

O município de Ponte da Barca  vai investir 2 dois milhões de euros em 9 empreitadas de regeneração urbana. Na página oficial da autarquia barquense […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O município de Ponte da Barca  vai investir 2 dois milhões de euros em 9 empreitadas de regeneração urbana. Na página oficial da autarquia barquense pode ler-se que “este plano de ação contempla os investimentos identificados como prioritários, para o desenvolvimento do território e os montantes de financiamento necessários à sua concretização”. “São nove, os projetos principais a financiar por esta via, os quais totalizarão um investimento previsto de 1 milhão e 435 mil euros”, acrescenta o comunicado da Câmara Municipal, explicando que o plano de ação tem assegurado um apoio do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, FEDER, no montante global de 1, 2 milhões de euros, sendo que a dotação financeira inclui ainda quase 19 mil euros atribuídos ao Instrumento Financeiro para a Regeneração Urbana.

Entre as obras apoiadas destaca-se a Requalificação da Escadaria Condes da Folgosa, com 53 mil euros de investimento elegível, com candidatura aprovada e obra executada; a Beneficiação da Av. da Liberdade, com 155 mil euros de investimento elegível, candidatura aprovada e obra em curso; a Qualificação da envolvente ao Estádio Municipal, com 158 mil euros de investimento elegível e candidatura aprovada. Faz ainda parte do grupo de prioridades a Requalificação e refuncionalização do edifício Stº. António do Buraquinho, com investimento elegível de 357 mil euros, com candidatura pré-aprovada; a Requalificação da rua Plácido Vasconcelos e das respetivas infraestruturas, com 216 mil euros de montante elegível e candidatura pré- aprovada; e a Reabilitação de edifício para Núcleo de Apoio ao Empreendorismo e Centro de Negócios, com investimento elegível de 294 mil euros e candidatura pré-aprovada. A lista termina com a Qualificação do espaço público do Bairro Social (Stº António), com valor elegível de 95 mil euros e candidatura pré-aprovada; Qualificação do espaço público da rua Frei Tomás de Sousa, com 50 mil euros de investimento elegível  e candidatura pré-aprovada a Gestão e animação da área urbana, com investimento elegível de 54 mil euros e candidatura pré-aprovada.

Para além das ações principais, o plano de ação aprovado prevê a realização de ações complementares que não têm ainda financiamento comunitário assegurado, como o reforço das condições de usufruto da zona ribeirinha (troço da ecovia entre a foz do rio Vade e a ponte Românica), com investimento previsto de 297 mil euros. Paralelamente, o município de Ponte da Barca tem assegurado, através do Plano de Ação para a Mobilidade Sustentada – PAMUS, o financiamento da operação ‘Circulação pedonal e ciclável na Avenida Fernão Magalhães’, com valor elegível orçamentado em 251 mil euros.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts