FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 27 Mai 2017

AFVC: Neves confirmou a vitória frente ao Chafé nos 18 minutos em falta

Depois de o arbitro João Morte ter entendido terminar o jogo Chafé – Neves da 24ª jornada do Campeonato Distrital da 1ª Divisão iniciado em […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Depois de o arbitro João Morte ter entendido terminar o jogo Chafé – Neves da 24ª jornada do Campeonato Distrital da 1ª Divisão iniciado em 9 de abril de 2017 após a expulsão do jogador Alexandre Manuel Gonçalves Souto (Alexingwa) alegando falta de condições, o Concelho de Disciplina da Associação de Futebol de Viana do Castelo entendeu que não existiram razões para que a equipa de arbitragem não tivesse concluído o jogo e ordenou que a partida fosse concluída.

Assim, os 18 minutos em falta jogaram-se este sábado no Campo 9 de julho em Chafé e o Neves Futebol Clube acabou por confirmar a vitória ao apontar mais dois golos.

O jogo recomeçou com o Chafé reduzido a 9, por indisponibilidade de alguns jogadores, e o Neves com 10 por causa da expulsão de Alexingwa no jogo anterior.

A equipa da casa entrou ao ataque em busca da igualdade, recorde-se que o Neves entrou nestes 18 minutos a ganhar (0-1), mas foram os pupilos de Rogério Amorim que nas duas únicas vezes que chegaram à baliza marcaram e confirmaram a vitória do Neves no jogo da polémica (0-3).

Pelo meio o Chafé ainda falhou uma grande penalidade, num jogo que voltou a ser arbitrado por João Morte, o mesmo arbitro que a 9 de abril terminou o encontro mais cedo alegando falta de condições psicológicas.

Os 18 minutos decorreram sem qualquer incidente. Apenas de assinalar que os adeptos do Neves FC tiveram que voltar a pagar a totalidade do bilhete (4€).

Com esta vitória o Neves mantém o terceiro lugar, mas agora com 55 pontos e a possibilidade de chegar ao segundo lugar do campeonato.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts