FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 01 Out 2017

Partido Socialista reforça maioria absoluta na Câmara de Viana do Castelo

José Maria Costa continua a ser presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e reforçou a maioria absoluta obtida há quatro anos. A candidatura socialista […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

José Maria Costa continua a ser presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e reforçou a maioria absoluta obtida há quatro anos. A candidatura socialista fechou a noite eleitoral com 53,68% dos votos e 6 mandatos. O PSD de Hermenegildo Costa reduziu a votação das últimas eleições, passando de 26,56% para 21,25% neste domingo, com 2 mandatos. A CDU continua com um vereador eleito, depois de Cláudia Marinho conquistar um mandato com 8,11% dos votos. O CDS-PP ficou de fora da autarquia com 5,67%, bem como o Bloco de Esquerda (5,32%) e o PDR (0,37%).Para a Câmara de Viana os votos em branco foram 3,82% e os nulos foram 1,79%.

Também na Assembleia Municipal o Partido Socialista manteve a liderança, ao obter 45,67% dos votos, numa candidatura com liderança de Flora Silva. O PSD obteve 22,21% dos votos, a CDU 10,34%, o Bloco de Esquerda 5,95%, o CDS-PP 5,92% e o MPT 3,71%.

O projeto eleitoral traçado pelo socialista que há oito anos lidera os destinos dos vianenses teve o apoio de 17 candidaturas independentes do concelho, materializado num Contrato de Coesão Territorial que pretende fomentar o desenvolvimento integrado das 40 freguesias.

No balanço da campanha eleitoral, a candidatura “Confiança no Futuro”, liderada por José Maria Costa, garantira que vai apostar, nos próximos quatro anos, na criação de emprego, na educação, reforçando a qualificação dos jovens, na saúde e na coesão social.

Uma das prioridades que assumira é continuar a apostar na educação e na qualificação dos jovens nos próximos quatro anos. O aprofundamento de projetos de ensino da música, da natação, do atletismo, da náutica nas escolas, o lançamento de novas iniciativas como o ciclismo e a patinagem, proporcionando aos alunos do concelho como novas atividades curriculares, foram algumas das medidas anunciadas pelo socialista. A educação de novos públicos e a sensibilização para as artes, são outras das prioridades da candidatura que se propõe consolidar o acesso aos museus, teatro, música e outras formas de expressão artística.

A candidatura do PS à Câmara de Viana do Castelo propunha-se também efetuar uma aposta na qualificação, no conhecimento e na inovação, no concelho e no distrito.

Outra das promessas eleitorais do socialista foi o lançamento de um programa de reabilitação de edifícios para fomentar o arrendamento jovem em todo o concelho. Uma das áreas de maior destaque da candidatura socialista era a consolidação da reabilitação urbana e a valorização do património, nomeadamente com a continuidade do projeto de reabilitação urbana (PEDU) de Viana do Castelo, na área urbana da cidade, envolvendo às áreas de Areosa, Monserrate, Santa Maria Maior, Meadela e Darque.

José Maria Costa entrou para a Câmara Municipal de Viana do Castelo como adjunto, no ano de 1994, durante o primeiro mandato do anterior presidente, o também socialista Defensor Moura. Passados quatro anos, passou para as funções de vereador do Ambiente, que manteve até 2009, ano em que se candidatou e conquistou a autarquia da capital do Alto Minho.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts