FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 14 Nov 2017

Câmara de Caminha garante ter solução para acabar com inundações na rotunda da A28

A Câmara Municipal de Caminha garante ter encontrado uma solução, em parceria com a Ferrovial, para colocar um ponto final nas inundações na rotunda da […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Caminha garante ter encontrado uma solução, em parceria com a Ferrovial, para colocar um ponto final nas inundações na rotunda da A28, que já se vinha a arrastar há 12 anos.  “Os problemas de inundações na zona da Sandia, nomeadamente na Rua Luís de Camões, em Vila Praia de Âncora estão com os dias contados”, declara o executivo liderado por Miguel Alves, explicando que a Câmara Municipal concluiu com êxito a negociação com a Ferrovial e “consegue assim resolver este problema”.

A obra está a ser executada pela Ferrovial e vai custar cerca de 250 mil euros, correspondendo a uma bacia de retenção de águas pluviais junto à Rotunda da A28 (junto às pedreiras dos “Aurélios”), com capacidade para 1560 m3, que deverá estar pronta em meados de dezembro. A bacia de retenção de águas pluviais que está a ser construída será capaz de travar o equivalente ao volume de água registada em inundações nos dias de maior pluviosidade nos últimos 50 anos.

Miguel Alves sublinhou a importância desta obra e garantiu que o executivo está há três anos a tentar solucionar este problema que tem lesado e muito os ancorenses: “este projeto tem vindo a ser negociado nos últimos três anos entre o vice-presidente e a empresa responsável e vem dar resposta a um problema que tem precisamente 12 anos. Porque há 12 anos, em novembro de 2005, foi inaugurado este troço da A28 sem que tivessem sido acautelados, nem por parte do Governo, nem por parte da Autarquia soluções para o escoamento de águas pluviais. Isso na altura foi muito falado, mas pouco resolvido”.

No local, o presidente ainda referiu: “acabando com as inundações temos também a possibilidade de agora avançar com a obra de requalificação da Sandia e Vista Alegre que está hoje em discussão pública e que de acordo com as nossas expectativas poderá já avançar no inicio do ano de 2018”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts