FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Nov 2017

Padre de Caminha desafia motards para passeio solidário à Peneda e quer juntar 150 pessoas

O padre Ricardo Esteves, pároco de Lanhelas, Seixas e Vilar de Mouros, no concelho de Caminha, está a desafiar os motards para um passeio solidário […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O padre Ricardo Esteves, pároco de Lanhelas, Seixas e Vilar de Mouros, no concelho de Caminha, está a desafiar os motards para um passeio solidário à Peneda, contando com uma adesão de 100 a 150 pessoas. O evento “Rodas Solidárias” vai ter lugar na freguesia de Lanhelas, no dia 9 de dezembro, e os 5 euros da inscrição revertem integralmente para o “Berço”, instituição de Viana do Castelo que recolhe e dá apoio a crianças e jovens em risco.

Organizado pelo padre Ricardo Esteves e apoiado por um grupo de aficionados das “duas rodas”, este é um passeio solidário de mota que quer reunir o maior número possível de inscrições para um momento de convívio e solidariedade. A inscrição é feita e paga no dia do passeio, sendo que a concentração será junto à Igreja Paroquial de Lanhelas e a saída está prevista para as 10 horas.

O pároco Ricardo Esteves indicou à Geice que “por um lado pretendemos proporcionar um dia de convívio entre pessoas que partilham a paixão pelas motas, e por outro ajudar uma instituição do nosso distrito que tem um papel de destaque junto dos mais vulneráveis, neste caso as crianças”. O pároco já andava de mota, mas tem carta de motociclo pesado há seis meses, desde maio, antecipando que este será “o primeiro de muitos passeios”.

A saída está prevista para as 10 horas e a primeira paragem será em Melgaço para uma prova de vinho Alvarinho, com o apoio do município. Depois os motards seguem até à Peneda onde, antes do almoço, terá lugar uma breve cerimónia de bênção de capacetes, seguida de uma oração pelos companheiros falecidos. De seguida haverá um período livre para almoço e por volta das 16 horas, no caminho de regresso, farão uma paragem em Tangil, Monção, para a despedida.

“O meu apelo vai no sentido de que todos aqueles que, tal como eu, gostam de passear de mota, possam participar neste passeio. No dia 9 queremos dar nas vistas pela quantidade e acredito que vamos conseguir pois o feedback que temos tido através da nossa página do Facebook tem sido extraordinário”, sublinha.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts