FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 17 Jan 2018

Lampreia celebrada como peixe do trimestre do Aquamuseu do rio Minho de Cerveira

Em início de cada novo ano, o Aquamuseu do rio Minho, em Vila Nova de Cerveira, tem por tradição promover uma espécie de peixe presente […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Em início de cada novo ano, o Aquamuseu do rio Minho, em Vila Nova de Cerveira, tem por tradição promover uma espécie de peixe presente na fauna aquática do Minho, tendo escolhido a lampreia para a realização desta edição. Neste sentido, está a ser realizada uma exposição, “A Pesca da Lampreia Marinha no Rio Minho”, até 31 de março. O objetivo desta exposição é dar a conhecer as caraterísticas gerais do animal, os períodos e artes de pesca deste, como evoluiu esta pesca ao longo dos tempos, assim como histórias e ditos sobre a lampreia.

O Aquamuseu, que organiza o evento, pretende assim educar sobre esta espécie de relevo cultural e económico para os concelhos minhotos. A lampreia é uma iguaria da região que pode atingir mais de um metro e tem um peso de cerca de 2 quilogramas.

Este ano, a safra da lampreia iniciou-se a 3 de janeiro e irá decorrer ao longo dos 35 quilómetros do rio Minho, até meados do mês de abril, sendo esta a altura onde a espécie regressa aos rios em direção à nascente para se reproduzir. Esta safra tem diversos métodos para ser concretizada, podendo ser feita através de “lampreeiras”, a bordo de embarcações artesanais, ou com pesqueiras armadas arte denominada botirão e cabaceira.

O Aquamuseu do rio Minho encontra-se aberto de terça-feira a domingo das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts