FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 18 Mar 2018

2ª edição da Viana Vaidosa enche o Centro Cultural de Viana do Castelo

Este fim de semana, está a decorrer no Centro Cultural de Viana do Castelo a 2ª edição do Viana Vaidosa, que põe em destaque o […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este fim de semana, está a decorrer no Centro Cultural de Viana do Castelo a 2ª edição do Viana Vaidosa, que põe em destaque o mundo da moda através de exposições de lojas de comércio da cidade, workshops de estilo e beleza, e a realização do concurso de jovens manequins. Na noite deste sábado, momento alto do evento, decorreu a final deste concurso com casa cheia e um júri de luxo, no qual se destaca as presenças do ator Rui Santos e dos modelos Celso Viana e Joni Nuñez.

Os jovens manequins selecionados para a última fase do concurso desfilaram pelo palco usando roupas desenhadas por alunos da Escola de Moda do Porto, sob palmas e gritos de encorajamento do público. No final, os grandes vencedores escolhidos pelo júri de 10 membros foram Júnior Martins e Melyssea Valinhas, nas categorias masculinas e femininas. Os segundos lugares foram atribuídos a Rui Costa e Guadalupe Matos. Estes 4 jovens ganharam assim um ano de agenciamento na Fama Kom Klasse, organizadora deste evento.

O serão foi ainda pautado por momentos de música e de dança, dinamizados por vários jovens talentos como o Grupo Spirit, o violoncelista Jean-Philippe, a Open Dance School, do Centro Cultural e Social da Meadela, a Dança & Cia, a Arte em Movimento e o cantor Ronny.

O ator Rui Santos, que também regressou depois de ter sido membro do júri na edição de estreia do evento, admitiu que o Centro Cultural “este ano estava muito mais cheio”, fator que vê com bons olhos. “É bom sinal, é sinal que o público aderiu, houve mais movimento, a recetividade foi maior”, precisou. Referiu ainda esperar que “no próximo ano venham mais pessoas e que este evento continue por muitos mais anos”. “Se me fizerem convite terei todo o gosto em vir cá no próximo ano”, afirmou à GEICE.

Para Maria José Guerreiro, vereadora da Cultura, Educação e Turismo de Viana do Castelo, este evento destaca-se por ser “um chamar de atenção para o mundo da moda” assim como de “todo um tecido empresarial que acaba por ficar com visibilidade”. “É um movimento que acaba também por suscitar por parte dos jovens bastante interesse e dinamismo”, realçou, acrescentando que “chama à atenção para o design do produto e design de moda”, áreas “pujantes” que têm na cidade “condições para se estenderem”.

O duo de irmãos Vânia e Rui Fernandes, responsáveis pela organização do Viana Vaidosa, orgulham-se pela positividade recebida e referem que o balanço desta 2ª edição é “extremamente positivo”. Vânia Fernandes afirma que, em relação ao ano anterior, “a adesão aparenta ser maior”, baseando-se no facto de ter havido “não só mais participantes no concurso, mas também no número de visitantes”. Apesar de ser ainda desconhecido o número exato, perspetiva-se ser superior aos “1800 a 2000” do ano passado.

A realização deste evento prende-se com o desejo de conseguir, “durante um fim de semana num mesmo espaço, a possibilidade de oferecer às pessoas muito mais do que encontrariam num shopping”, sublinhou a organizadora, através de convites feitos “aos lojistas do comércio local”, que considera ser “um segmento fragilizado”. “Acima de tudo desenvolver e homenagear a área da moda numa zona onde ela não é muito desenvolvida”, revelou. Rui Fernandes deixou claro que “para o ano contamos estar cá novamente” e que o evento tem vindo a desenrolar-se melhor com a prática. “O primeiro ano correu bem, com alguns senãos, este ano estamos melhor, e cada ano que passe, cada vez mais fortes”, rematou.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts