Ponte de Lima: Tradição Pascal do Mordomo da Cruz de Fontão mantém-se viva | Rádio Geice
FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR

Categoria

12 Mar 2018

Ponte de Lima: Tradição Pascal do Mordomo da Cruz de Fontão mantém-se viva

Pedro Xavier

Acessibilidade

T+

T-

Contraste Contraste
Ouvir
José Vieira, empresário no ramo automóvel, tinha afirmado no ano passado, quando foi escolhido para próximo Mordomo da Cruz de Fontão, no concelho de Ponte […]

José Vieira, empresário no ramo automóvel, tinha afirmado no ano passado, quando foi escolhido para próximo Mordomo da Cruz de Fontão, no concelho de Ponte de Lima, que era “o cumprir de um sonho de sempre”. Agora, já se encontra a organizar as festividades para a edição deste ano, revelando sentir “muita responsabilidade”. O empresário, em conversa com a GEICE, afirmou que já tem “uma tenda contratada que será montada” e que espera receber “entre 400 e 500 pessoas”, num almoço que vai decorrer “num espaço” do próprio terreno. Este ano, o almoço não vai desviar das tradições, estando previsto para a ementa “um prato de bacalhau” e o “tradicional prato de cabrito com vitela”, além de vários vinhos.

Para já, José Vieira não avança estimativas quanto aos custos que esse papel acarreta, afirmando que “no fim é que se podem fazer contas”. No entanto, as perspetivas da carga de trabalho ou da carga financeira não incomodam este empresário. “Sinto alegria, porque isto, no fundo, é um sinal de alegria, é uma festa”, realçou, admitindo que “este evento cada vez tem sido melhor, o ano passado foi muito bom e espero que este ano também seja igual”.

O Mordomo da Cruz de Fontão é uma tradição secular da localidade, na qual cada ano um membro da comunidade é escolhido para organizar um almoço, no domingo de Páscoa, onde todos os moradores da freguesia são convidados. Para este almoço, o Mordomo responsabiliza-se em todos os aspetos da organização, tanto a nível logístico como financeiro, embora toda a freguesia ajude, através de donativos ou como mão-de-obra. Pedro Pinto, Mordomo do ano passado, tinha admitido à GEICE ter gasto perto de 25 mil euros para o cumprimento da tarefa.

Outras responsabilidades do mordomo incluem assegurar, durante um ano, a limpeza da igreja e os serviços do sacristão, assim como comprar o fogo-de-artifício da Páscoa. Além disso, o Mordomo da Cruz é quem tem a responsabilidade de levar a cruz no corso pascal para as casas das pessoas. No final do almoço especial, a esposa do Mordomo da Cruz entrega um ramo de laranjeira ao escolhido pelo organizador, em jeito de passagem de testemunho para o Mordomo do ano seguinte.  José Vieira explicou que a escolha do Mordomo seguinte é “sempre uma surpresa”, mas que “ainda não escolheu” o próximo.

Últimas Noticias

Últimos Podcasts

online casino Portugal