FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 24 Mar 2018

Viana: Edifício das Tílias foi inaugurado este sábado em Santa Luzia

Na tarde deste sábado, foi inaugurado o Edifício das Tílias junto ao Santuário de Santa Luzia. Este novo espaço serve como albergue para peregrinos e […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Na tarde deste sábado, foi inaugurado o Edifício das Tílias junto ao Santuário de Santa Luzia. Este novo espaço serve como albergue para peregrinos e contém um museu com o espólio da Confraria de Santa Luzia, assim como um arquivo que contém a história da Confraria. Para esta inauguração, estiveram presentes José Maria Costa, presidente da Câmara de Viana, e o Bispo D. Anacleto de Oliveira, que procedeu à bênção do edifício.

O presidente da Câmara de Viana sublinhou o “enorme orgulho” dos vianenses no Monte de Santa Luzia assim como no Templo, e felicitou a Confraria pela realização desta obra. “O trabalho da Confraria está a dar frutos, este era um espaço que fazia falta: um espaço de acolhimento, um espaço para pôr em relevo aquele que é o património existente”, precisou o autarca.

Na bênção ao Edifício das Tílias, D. Anacleto de Oliveira realçou o “testemunho da fé e trabalho apostólico” desenvolvido pela Confraria de Santa Luzia, sublinhando na oração a importância dos “irmãos e colaboradores da Confraria” que desenvolveram esta obra.

Pedro Reis, presidente da Confraria de Santa Luzia, destacou que o espaço é “mais um passo marcante para a história de Santa Luzia”, e afirmou que o objetivo é que este consiga “trazer mais gente para fazer a adoração ao Coração de Jesus”. Segundo o dirigente, este é “mais um passo da caminha longa ao longo destes tempos” da Confraria.

O Edifício das Tílias teve um custo de 1,2 milhões de euros e demorou um ano a ser construído. A secção do albergue, no segundo piso, contém 36 camas divididas por 6 quartos, um dos quais com duas camas para pessoas com mobilidade condicionada. O piso tem ainda  uma cozinha e uma lavandaria para os peregrinos.

No primeiro piso, está exposto o espólio da Confraria de Santa Luzia, que será alargado depois da restauração de várias peças, processo atualmente a decorrer. Além disso, vai ainda abrir um restaurante, que servirá como apoio à parte do albergue.

O terceiro piso do novo estabelecimento serve para a própria Confraria, que beneficia desta forma de novas instalações para os serviços administrativos, além uma parte para armazenamento de material.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts