FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 27 Jul 2018

Projeto “Viana Abraça” com taxa de adesão de 70% em Alvarães

O projeto Viana Abraça alcançou uma taxa de adesão de 70% em Alvarães, a primeira freguesia do concelho de Viana do Castelo a receber o […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O projeto Viana Abraça alcançou uma taxa de adesão de 70% em Alvarães, a primeira freguesia do concelho de Viana do Castelo a receber o contato porta-a-porta para instalação gratuita dos kits de compostagem que visam fomentar a separação e incrementar a valorização de resíduos orgânicos. Em duas semanas, o projeto da Câmara Municipal de Viana do Castelo, em parceria com os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo (SMSBVC), chegou a 291 vianenses, tendo sido instalados 324 kits na freguesia da margem sul do rio Lima.

Recorde-se que os SMSBVC estão, neste momento, a implementar o Viana Abraça, projeto que prepara o futuro da gestão dos resíduos sólidos urbanos produzidos no município vianense. Contando com um investimento global superior a 5 milhões de euros cofinanciados a 85% da despesa elegível pelo PO SEUR do Portugal 2020, através do Fundo de Coesão da União Europeia, o projeto quer evitar a deposição em aterro dos resíduos orgânicos, potenciando o papel deste recurso desaproveitado na Economia Circular.

Trata-se de um projeto assente num eixo vocacionado para o perfil urbano, contemplando a criação de uma rede de recolha seletiva de biorresíduos alimentares e tecnologia inteligente de controlo e monitorização de acessos para 480 unidades de deposição e 22.000 utilizadores; e um segundo eixo vocacionado para o perfil rural e periurbano, contemplando a distribuição de 7.500 kits de compostagem com o objetivo de fomentar as práticas domésticas e tradicionais de valorização orgânica.

Os equipamentos de compostagem, distribuídos no âmbito do projeto VIANA ABRAÇA, são construídos com a intervenção de utentes da APPACDM de Viana do Castelo. Para além disso, a poupança gerada com o desvio dos resíduos orgânicos de aterro será convertida em apoios destinados a instituições de solidariedade social do Município de Viana do Castelo.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts