FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 28 Jun 2019

PSD diz que Centro Distrital da Segurança Social de Viana do Castelo é alvo de queixas

Em nota que a Rádio Geice teve acesso, os deputados do PSD, dizem “existir cada vez mais queixas relativamente à atuação do Centro Distrital da […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Em nota que a Rádio Geice teve acesso, os deputados do PSD, dizem “existir cada vez mais queixas relativamente à atuação do Centro Distrital da Segurança Social de Viana do Castelo”.

Neste sentido, os deputados sociais democratas questionaram a tutela, hoje, por escrito, acerca deste tipo de atuação e se estavam previstos mais cortes nos protocolos assinados.

Pode ler-se no enunciado enviado ao governo que “ A Segurança Social necessita da resposta de Parceiros Sociais instalados no terreno para fazer face à grave lacuna existente no que diz respeito às Respostas sociais para idosos e crianças até aos 3 anos de idade, vulgo creches.

A lista de espera para integração em Estruturas Residenciais para Idosos no Distrito de Viana do Castelo é assustadoramente extensa.”
As vagas de reserva e de emergência são ínfimas face às reais necessidades, deixando centenas de cidadãos sem apoio.

Refere o PSD que: “ as instituições particulares de solidariedade social no distrito de Viana do Castelo , cuja experiência e trabalho é reconhecido e meritório, muitas vezes com recursos asfixiantes, têm feito o melhor que podem para dar dignidade e prestar auxílio a quem mais precisa.

A Segurança Social deve olhar para estas instituições como parceiras e não como inimigos com quem importa andar de rédea curta, quase como se fossem geridas por pessoas de má fé.
Exige-se, aos Centros distritais, uma postura de bom senso e razoabilidade em determinadas situações.”

Segundo os deputados eleitos, a segurança social está a transformar a sua atuação em atos persecutórios de mera ação inspetiva e de caça à multa, esquecendo o caracter pedagógico e de respeito pelas instituições.

Esta situação está a criar um mal estar latente nas instituições do distrito de Viana do Castelo conforme se vê atestam as queixas bem audíveis de todos os parceiros instalados no terreno.

Alguns já ameaçam entregar as chaves das instituições caso não haja mudança de postura por parte do Centro Distrital de Viana do Castelo.

O apoio a estas instituições, de forma geral, desceu de 50% para 38%, conforme notícia recentemente divulgada pelo Jornal AltoMinho, e ainda se assiste diariamente a um verdadeiro ataque inspectivo às instituições, claramente asfixiante, para justificarem o corte de mais alguns apoios previstos, segundo a informações obtidas junto de várias instituições.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts