FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 04 Jun 2019

Sport Clube Vianense vai receber 40 mil euros do Estado para obras no seu estádio

O Sport Clube Vianense, o Desportivo de Monção, o Sporting de Courense, o Távora e a Academia de Ponte de Lima são as cinco instituições […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Sport Clube Vianense, o Desportivo de Monção, o Sporting de Courense, o Távora e a Academia de Ponte de Lima são as cinco instituições do Alto Minho a figurar na lista das entidades que vão beneficiar das verbas do Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas (PRID). O centenário clube de Viana do Castelo vai receber 40 000,00 € para beneficiação dos balneários do Estádio Dr. José de Matos.

Ao Desportivo de Monção foi atribuído um montante de 25 000,00 €, para renovação do Estádio Manuel Lima, o
Sporting Clube Courense, para reabilitação de balneários e sistemas de iluminação do seu campo de jogos vai receber 33 700,00 €, o Centro Recreativo e Cultural de Távora Santa Maria, para reconstrução/ampliação do complexo do Campo de Futebol do Távora recebe 34 000,00 € e a Academia de Futebol de Ponte de Lima vai encaixar 20 000,00 € para requalificação do relvado sintético e vedações do polidesportivo da Correlhã.

A lista das entidades que vão beneficiar das verbas do Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas (PRID) já é conhecida e está publicada no site do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Representando uma subida face às edições anteriores, mais cem infraestruturas desportivas serão requalificadas ao abrigo deste programa nacional que, pelo terceiro ano consecutivo, vê também a sua verba aumentada. Assim, neste ano de 2019, o Governo disponibiliza para o efeito cerca de 2 milhões de euros, os quais poderão ser majorados, num investimento global de 7,5 milhões de euros.

O Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas foi lançado pelo Governo, dada a inexistência de planos/fontes de financiamento destinadas à requalificação de infraestruturas desportivas, bem como a inexistência de fundos comunitários aos quais clubes e associações se possam candidatar, no atual quadro.

As despesas elegíveis no âmbito do PRID abrangem intervenções diversificadas relacionadas com a renovação, reabilitação e conservação de instalações dos clubes.

As três edições do PRID envolvem a reabilitação de cerca de três centenas de infraestruturas desportivas, num investimento global de 13,5 milhões de euros, financiando o Governo, através do IPDJ, mais de 4,5 milhões de euros.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts