FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 30 Jun 2019

Vianenses criam cordão humano para apelar à saída dos últimos moradores do prédio Coutinho

Um grupo criado no Facebook está a organizar para amanhã, segunda-feira, um cordão humano em frente ao prédio Coutinho, a partir das 19h00, para apelar […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Um grupo criado no Facebook está a organizar para amanhã, segunda-feira, um cordão humano em frente ao prédio Coutinho, a partir das 19h00, para apelar aos últimos nove moradores que “desocupem o prédio, em condições de compreensão, tolerância e dignidade”.

A mentora da iniciativa, Elisabete Pinto, disse, que a situação dos moradores “é chocante” e “desprovida de qualquer dignidade”, pelo que “urge pôr-lhe fim”.

Para a promotora da iniciativa, “a posição daqueles moradores é também completamente egoísta, porque há 19 anos que se fala da demolição daquele mamarracho, a esmagadora maioria das pessoas que lá viviam já saiu e não pode ser uma meia dúzia a pôr em causa um desígnio da cidade”.

Elisabete Pinto defende que o cordão humano constituirá assim “um apelo” para que as pessoas “saiam com dignidade”. “A situação em que se encontram, sem água, sem luz, sem gás e com a comida racionada, é indigna para os moradores e envergonha a cidade”, acrescentou.

O cordão humano está marcado para as 19h00 e os participantes são convidados a apresentarem-se com t-shirts brancas.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts