FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 31 Jul 2019

Azenha das Pesqueiras recebe Festival SoundVille nos dias 23, 24 e 25 de agosto

O festival SoundVille, decorre nos dias 23, 24 e 25 de agosto na Azenha das Pesqueira, nas margens do Rio Neiva. O festival ecológico é […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O festival SoundVille, decorre nos dias 23, 24 e 25 de agosto na Azenha das Pesqueira, nas margens do Rio Neiva. O festival ecológico é organizado pelo Núcleo de Apoio às Artes Musicais (NAAM) e pelo Futebol Clube Lírio de Neiva, unindo no mesmo espaço Durrães e Barroselas através de música e atividades ecológicas.

Inserido no ecossistema da Azenha das Pesqueiras, o festival terá disponível para quem o frequente, água potável sem custo, louças reutilizáveis, iluminação com máxima eficiência energética, casas de banho ecológicas, e todos os resíduos produzidos ao longo do festival serão separados, reciclados e valorizados.

Estão confirmados para o festival nomes como “Steelharmonics” da Banda Nova De Barroselas, Surma, Luís Severo, Stone Dead, Luiz Gabriel Lopes, Norbak, My Diligence, Terzi, Maud The Moth, Chico da Tina, Hollow Ship, No!no, Lonz Dale’s Fantasy, D/F/S B2B Dj Lynce, Bejaflor, Sian, Klotz e Vivax.

O festival proporciona várias atividades, entre elas a tourneé de “A Bela e o Monstro” e as “Oficinas de Domingo”, com o propósito de ajudar à preparação do festival, sendo que no passado dia 28 de julho realizou-se a de “Vermicompostagem”, no dia 4 de agosto realizar-se-à a de “Ecomuseu”, com Raimundo Maciel, dia 11 de agosto a de “Ninhos Coloridos” com Catarina Maciel e dia 18 de agosto terá lugar a “Biopatuscada” com os Assadores do Campo na Azenha das Pesqueiras.

Segundo Maria José Silva, Vereadora da Educação e Qualificação, Cultura, Património e turismo, o festival tem impacto para o “turismo ambiental e naturalmente também para a perspectiva cultural ligada a esse mesmo turismo”, sendo que estamos “numa área em que a natureza é muito forte, é muito vivida, e ainda encontramos muitos espaços como estes, onde de alguma forma ainda se nota que está intocada e muito preservada”.

Para Filipe Castro do NAAM, “a nossa intenção é a de promover e chamar à atenção para o Rio Neiva, sendo importante pois trata-se de um Rio com águas bastante limpas e com bastante património cultural e paisagístico e um ecossistema também importante”.

O festival conta com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos, da Câmara Municipal de Viana do Castelo, da União de Freguesias de Durrães e Tregosa, da União de Freguesias de Barroselas e Carvoeiro, do Instituto Português do Desporto e Juventude, do Ministério do Ambiente e do Fundo Ambiental.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts