FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 06 Jul 2019

Frei Bartolomeu dos Mártires vai ser declarado santo e bispo de Viana já reagiu

A arquidiocese de Braga anunciou esta manhã que o beato Bartolomeu dos Mártires vai ser declarado santo, depois do papa Francisco ter autorizado a canonização […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A arquidiocese de Braga anunciou esta manhã que o beato Bartolomeu dos Mártires vai ser declarado santo, depois do papa Francisco ter autorizado a canonização sem a atribuição de um novo milagre ao futuro santo.

A 20 de janeiro, numa audiência à Congregação para a Causa dos Santos, Francisco deu “a autorização necessária à dispensa do milagre formalmente provado para a declaração de santidade do beato Bartolomeu dos Mártires”, de acordo com uma nota do arcebispo Jorge Ortiga, publicada no ‘site’ da arquidiocese de Braga.

A autorização do papa permite, após o cumprimento de alguns procedimentos, “a conclusão do processo de canonização e a declaração pública da santidade de Bartolomeu dos Mártires, antigo arcebispo de Braga e figura de referência do Concílio de Trento (1545-1563)”, indicou a mesma nota.

Ao ser tonada pública a notícia da canonização de Bartolomeu dos Mártires, D. Anacleto Oliveira, Bispo Diocesano de Viana do Castelo – que, então, fazia parte da Arquidiocese de Braga e onde se encontram os seus restos mortais – afirma que os sentimentos que o invadem, tal como a todos os diocesanos, são de profunda emoção e gratidão, por ver concretizado algo que os cristãos do Alto Minho há muito esperavam e desejavam.

O Bispo Diocesano afirma sentir que estamos perante uma graça, mas também, como acontece com todas as graças, perante uma grande responsabilidade.

D. Anacleto Oliveira espera que a Igreja em Portugal, especialmente as dioceses que o novo Santo serviu, se sintam mais motivadas a seguir o seu exemplo e a deixar-se inspirar pela sua intercessão.

Referindo-se, concretamente, à Diocese de Viana do Castelo, o Bispo Diocesano explica o significado especial desta canonização quando esta Igreja Diocesana se encontra a celebrar os quarenta anos da sua fundação e, por isso, faz votos de que esta seja uma oportunidade que a Diocese saiba aproveitar.

D. Anacleto Oliveira adianta que, brevemente, serão dadas informações mais precisas sobre as celebrações que serão organizadas para assinalar a canonização. Convida, contudo, todos os diocesanos a marcar presença na Eucaristia a que irá presidir, no próximo dia 18 de julho, memória de Bartolomeu dos Mártires, na Igreja do Convento de São Domingos (Paróquia de Monserrate), onde está sepultado, às 18h30.

Frei Bartolomeu dos Mártires nasceu em Lisboa, em maio de 1514, e entrou na Ordem Dominicana em 11 de novembro de 1528, tendo sido eleito arcebispo de Braga em 1559. Morreu em Viana do Castelo a 16 de julho de 1590.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts