FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 27 Ago 2019

Em 2020 o festival de Vilar de Mouros realiza-se nos dias 27, 28 e 29 de agosto

O festival EDP Vilar de Mouros, conhecido como o “Woodstock português” regressa no próximo ano, nos dias 27, 28 e 29 de agosto. “Este ano, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O festival EDP Vilar de Mouros, conhecido como o “Woodstock português” regressa no próximo ano, nos dias 27, 28 e 29 de agosto.

“Este ano, as pessoas saíram satisfeitíssimas, comeram bem, ficaram bem alojadas no nosso acampamento, que cresceu três vezes em relação ao ano passado. Os parques de estacionamento também cresceram, as pessoas ficaram mais cómodas e perto do recinto. Só temos boas críticas, o que nos leva a começar já a trabalhar na próxima edição”, afirmou no final do festival, Diogo Marques, um dos responsáveis pela organização.

Preveem-se ainda mais melhorias a nível de acessos, campismo e estacionamento, apesar de o recinto ficar com a mesma dimensão, com capacidade para 20 mil pessoas por dia.

“A nível de infraestruturas exteriores, vamos ter de mudar algumas coisas devido ao crescimento. Vamos adaptar, ocupar mais terrenos, mais estacionamento, uma comunicação mais direta com as autoridades para a facilidade de as pessoas chegarem ao recinto, isso já está definido. Já estamos a trabalhar nisso”, sublinhou.

Para 2020, a organização vai seguir o mesmo alinhamento de artistas, tendo já encetado negociações com alguns.

O presidente da Junta de Freguesia de Vilar de Mouros, Carlos Alves, disse que este foi um ano de “afirmação” do festival que “jamais pode ser interrompida” e prometeu a continuidade do apoio, assim como o presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves.

Já a coordenadora de eventos e patrocínios da EDP, Marta Marques, vincou que esta é “uma aposta ganha da marca e é para manter no próximo ano”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts