FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 23 Out 2019

Município de Ponte de Lima realiza ação para promover Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa

Dia 15 de Novembro comemora-se o Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa (LGP). O seu objetivo é a promoção da Língua Gestual e a garantia […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Dia 15 de Novembro comemora-se o Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa (LGP). O seu objetivo é a promoção da Língua Gestual e a garantia do respeito pelos direitos das pessoas surdas. O Município de Ponte de Lima sinaliza a efeméride com a ação de sensibilização “Mãos que falam”, através da Equipa Multidisciplinar do Serviço de Educação junto dos quatro Agrupamentos de Escolas do concelho. O objetivo de comemorar este dia é promover a Língua Gestual Portuguesa e garantir o respeito dos direitos das pessoas surdas.

A língua gestual é hoje uma forma de comunicação utilizada não só pelas pessoas surdas, mas também pelas pessoas que comunicam com pessoas surdas. Esta linguagem é detentora de um vocabulário especial e uma gramática própria. A comemoração da efeméride conflui para a concretização dos princípios sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, especialmente os princípios da acessibilidade informativa e comunicacional.

A LGP é a língua materna das pessoas surdas, uma língua visuo-motora, cuja produção se processa através dos gestos e das expressões facial e corporal, e cuja perceção se realiza através da visão. Esta língua é utilizada por pessoas Surdas portuguesas na sua comunicação, sendo uma marca importante da sua identidade. É o elemento mais unificador na Comunidade Surda, enquanto meio de transmissão de valores e da herança cultural das pessoas surdas.

O grande impulso para o desenvolvimento da LGP aconteceu em 1823, no momento em que se constituiu uma primeira concentração formal de pessoas Surdas, evoluiu assim através das gerações escolares, prolongando-se pela vida ativa dos adultos Surdos, que foram preservando e enriquecendo a sua língua em encontros informais. Foi reconhecida enquanto língua da comunidade surda portuguesa pela Constituição da República em 1997, a 15 de novembro, a data em que se assinala o Dia Nacional da Linguagem Gestual Portuguesa.

Na Constituição, ficou consagrado o compromisso do Estado Português em “proteger e valorizar a língua gestual portuguesa enquanto expressão cultural e instrumento de acesso à educação e da igualdade de oportunidades.” Desde o ano passado, passou a estar disponível para consulta online gratuita e oito anos após o lançamento em papel, o primeiro e único dicionário de língua gestual portuguesa (LGP).

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts