FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 20 Nov 2019

Projeto “Rio Minho: Um Destino Navegável” apresentado em Monção

O projeto “Rio Minho: Um Destino Navegável”, vai contribuir para a valorização turística entre os municípios de Monção, Salvaterra, Valença e Tui, ajudando a cimentar […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O projeto “Rio Minho: Um Destino Navegável”, vai contribuir para a valorização turística entre os municípios de Monção, Salvaterra, Valença e Tui, ajudando a cimentar o relacionamento entre os mesmos.

“Rio Minho: Um Destino Navegável”, apresentado esta manhã no Museu do Alvarinho, em Monção, contou com a presença dos representantes dos municípios e das três entidades envolvidas: Porto e Norte de Portugal, Dirección Xeral do Patrimonio Natural da Xunta de Galicia, e Axencia de Turismo de Galicia.

Inserido no programa INTERREG V–A España – Portugal (POCTEP) 2014-2020, o projeto implica um investimento de 1,1 milhões de euros (75% Feder e 25% comparticipação dos parceiros), resultando na efetivação de um conjunto de medidas e atividades focadas na atratividade e sustentabilidade do rio Minho.

O programa pretende melhorar a navegabilidade do rio Minho, promover passeios turísticos em barco, percursos pedestres pelas margens e pesqueiras, visitas programadas às fortalezas, centros históricos, adegas de vinho Alvarinho, e equipamentos culturais.

Serão ainda criados pequenos cais flutuantes nos municípios e centro de interpretação ambiental na ilha de Fillaboa, em Salvaterra, e realizados ateliês e conferências relacionadas com o rio, incentivando à prática de desportos fluviais.

Para o autarca de Monção, António Barbosa, o projeto “garante o reforço de relacionamento entre os parceiros, já bastante positivo, e permite alargar a oferta turística, cultural e patrimonial dos quatro municípios banhados pelo rio Minho”.

“Rio Minho: Um Destino Navegável” deverá estar no terreno no próximo verão, ajudando a cimentar o conceito “Visit Rio Minho” através do reforço do posicionamento da região no mercado nacional e internacional.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts