FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 13 Fev 2020

Governo vai “finalmente” discutir fim do Pórtico de Neiva na A28

A petição pela eliminação do pórtico de Neiva da Autoestrada 28 (A28), entregue no parlamento em 2017, conta com mais de sete mil assinaturas e vai ser discutida em plenário na próxima quinta-feira. A Confederação Empresarial do Alto Minho (CEVAL), estrutura que representa cerca de 5.000 empresas do distrito de Viana do Castelo, adiantou hoje em comunicado, que vai fazer-se representar nesta reunião pelos seus órgãos sociais.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Como principal tópico de discussão está o pórtico de Neiva da A28, antiga SCUT (Sem Custos para o Utilizador) que liga Viana do Castelo ao Porto, situado à entrada de uma zona industrial da capital do Alto Minho sendo este considerado “entrave” à atividade empresarial da região.

No texto da petição pública, dirigida ao primeiro-ministro, António Costa, a CEVAL afirma ser “injustificável” a manutenção do pórtico por “constituir uma incongruência, sobretudo numa altura em que se fazem todos os esforços para captar investimento para o concelho e região”.

A iniciativa de formularem esta petição foi promovida pela CEVAL em conjunto com outras várias associações empresariais que a constituem, como ACIAB – Associação Comercial e Industrial dos Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, ACICMM – Associação Comercial e Industrial dos concelhos de Monção e Melgaço, AEPL – Associação Empresarial de Ponte de Lima e AEVC – Associação Empresarial de Viana do Castelo.

Além da eliminação do pórtico, esta petição também pretende “encorajar” o primeiro-ministro António Costa a incluir aquela via na lista de autoestradas com descontos no valor das portagens apresentando como argumentos a inexistência de um sistema ferroviário e a falta de alternativa de mobilidade e segurança da EN13.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts