FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 30 Abr 2020

Câmara de Caminha vai adjudicar por cerca de 600 mil euros obra do novo Mercado Municipal

O Executivo municipal de Caminha vai apreciar e votar na próxima segunda-feira, dia 4 de maio, a adjudicação e a aprovação da minuta do contrato para a construção do novo “Mercado Municipal de Caminha”, um investimento que vai ultrapassar os 600 mil euros e que agora está em condições de avançar definitivamente. Como já referiu o presidente da Câmara, aquando do lançamento do concurso, este é um passo que põe fim a um processo “doloroso”, que este Executivo conseguiu ultrapassar, e a um equipamento desadequado, que é provisório há cerca de quatro décadas.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A reunião de Câmara da próxima segunda-feira, será com certeza um marco histórico para o concelho e sobretudo para a Vila de Caminha. Não sendo este o investimento de maior vulto a acontecer neste momento no concelho (a nova escola por exemplo, ronda os 3,5 milhões de euros), a importância e o significado deste equipamento são enormes, uma vez que o mercado atual está muito degradado e, efetivamente, é “provisório” há mais de 40 anos.

Recorde-se que a Câmara caminhense avançou com o projeto e, ultrapassadas várias dificuldades, foi também conseguido o financiamento. O concurso público chega agora ao fim com a adjudicação da empreitada e a aprovação do respetivo contrato.
Entre as empresas concorrentes, a proposta apresentada pelo concorrente, “Agostinho Malheiro Coelho Construções, Lda.” no valor de € 589.358,83 (quinhentos e oitenta e nove mil, trezentos e cinquenta e oito euros e oitenta e três cêntimos) acrescido de IVA, foi considerada a proposta economicamente mais vantajosa.

O concurso público em questão: “Mercado Municipal de Caminha” – adjudicação e aprovação da minuta do contrato será a proposta apresentada segunda-feira por Miguel Alves, em reunião a decorrer nos Paços do Concelho, pelas 15h00, por videoconferência.
Além daquela, a ordem de trabalhos inclui as seguintes propostas: Regulamento Municipal da Gestão das Praias Marítimas, Fluviais e Lacustres Integradas do Domínio Publico Hídrico do Estado – inicio do procedimento; Regulamento Municipal para Autorização de Exploração das Modalidades Afins de Jogos de Fortuna ou Azar e outras Formas de Jogo – inicio do procedimento; Alteração temporária da postura de transito e estacionamento na Freguesia de Vila Praia de Âncora – ratificação e Contrato de concessão para a instalação e exploração de um apoio de praia mínimo em domínio público marítimo na praia de Moledo (PP2).

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts