FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 19 Abr 2020

Clubes dos campeonatos distritais tentam sensibilizar FPF a mudar decisão

Os clubes dos campeonatos distritais de futebol, que lideravam as respetivas competições até ao dia da sua interrupção por causa do Covid-19, emitiram, no sábado, um comunicado, dirigido ao presidente da FPF, Fernando Gomes, e às direções das associações distritais, pedindo a promoção de todos os líderes das respetivas provas ao Campeonato de Portugal. O Sport Clube Vianense é um dos 21 clubes que subscreveu esta posição conjunta.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

No ponto 3 do documento, pode ler-se: “Pedir à FPF a promoção ao Campeonato de Portugal de todos os clubes que ocupavam o 1.º lugar nos Campeonatos Distritais à data da suspensão (…) das competições não profissionais de seniores, considerando o caráter extraordinário da época desportiva 2019/2020”.

Os 21 clubes que tentam sensibilizar a FPF são: Tirsense e Salgueiros (Porto); Pevidém (Braga), Pêro Pinheiro (Lisboa); São João de Ver (Aveiro); Mortágua (Viseu); Amigos da Paz (Leiria); Rabo de Peixe (Açores); Carapinheirense (Coimbra); Almeirim (Santarém); Vianense (Viana do Castelo); Oriental Dragon (Setúbal); Moncarapachense (Algarve); Juventude Évora (Évora); Camacha (Madeira); Moura (Beja); Meda (Guarda); Mondinense (Vila Real); Alcains (Castelo Branco); Vimioso (Bragança) e Crato (Portalegre).

Recorde-se que o Campeonato Distrital da 1ª Divisão da Associação de Futebol de Viana do Castelo, foi suspenso, no dia 1 de março, à 21ª jornada, devido à pandemia de covid-19. Nesse domingo, o Sport Clube Vianense deslocou-se ao estádio municipal da Correlhã, e venceu a equipa local por três bolas a zero.

A equipa da capital do Alto Minho é líder do campeonato com 54 pontos, seguida pelo Limianos com 51 e pelo Valenciano com 48.

Comunicado conjunto dos 21 clubes:

Ex. Senhor Dr. Fernando Gomes, Presidente da Federação Portuguesa de Futebol
Ex.ma Direção da Federação Portuguesa de Futebol
Ex.mos Presidentes das Associações Distritais e Regionais de Futebol
Ex.mas Direções das Associações Distritais e Regionais de Futebol

A dimensão da pandemia e as suas nefastas consequências aos mais variados níveis, têm confrontado os decisores, políticos e outros, com a necessidade de tomarem decisões para as quais não estavam preparados, não só, pela sua imprevisibilidade, mas também pela dificuldade em prever as consequências que daí poderão resultar. Contudo, tem sido evidente que há dois objetivos primordiais e transversais na ação de quem decide: a salvaguarda da saúde de todos e a proteção dos mais desprotegidos.
É reconhecido que a ação da Federação Portuguesa de Futebol e das Associações Distritais e Regionais de Futebol tem sido, igualmente, norteada por essas preocupações com a suspensão imediata de todas as competições e o posterior cancelamento das provas dos escalões de formação, bem como outras medidas de grande alcance social, como o lançamento de linhas de financiamento para os Clubes solverem os seus compromissos com atletas e outros.
O mais recente cancelamento das competições não profissionais de Séniores e a indicação de que do mesmo não resultariam subidas e descidas, com exceção da promoção de duas (2) equipas do Campeonato de Portugal à 2.a Liga, deverá, na nossa opinião, ser objeto de uma análise mais profunda. De facto, se para as equipas dos escalões de formação o objetivo central é a preparação dos jovens atletas, e a mesma é sempre efetuada independentemente da classificação final das provas, já nas competições não profissionais de Séniores os objetivos vão bem além dos objetivos desportivos propriamente ditos, pois também estão em causa projetos de desenvolvimento dos Clubes e projetos empresariais das Sociedades Desportivas.
Assim, vimos, por este meio,
1. Elogiar e agradecer a ação empenhada da Federação Portuguesa de Futebol e das Associações Distritais e Regionais de Futebol,
2. Manifestar o nosso compromisso com uma ação dedicada, séria e responsável na promoção do Futebol do nosso país e das regiões onde estamos sedeados,
3. Pedir à Federação Portuguesa de Futebol a promoção ao Campeonato de Portugal de todos os clubes que ocupavam o 1.o lugar nos Campeonatos Distritais à data da suspensão pela Federação Portuguesa de Futebol e pelas Associações Distritais e Regionais das competições não profissionais de Séniores, considerando o caráter extraordinário da época desportiva 2019/2020,
4. Demonstrar a nossa disponibilidade para participar numa reflexão sobre os quadros competitivos, nomeadamente do Campeonato de Portugal.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts