FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 26 Abr 2020

Empresa de Viana do Castelo restaura Catedral de Santiago de Compostela

A SAMTHIAGO®, empresa portuguesa, com sede em Viana do Castelo, especializada no setor da conservação e restauro, está em Santiago de Compostela a prestar o seu contributo naquele que é um dos mais importantes projetos internacionais de conservação e restauro, atualmente em curso: o restauro “quase” integral da Catedral de Santiago de Compostela. São inúmeras as intervenções em desenvolvimento, quer no interior quer no exterior, abrangendo a quase totalidade do monumento. O objetivo é que os trabalhos de Conservação e Restauro da Catedral estejam concluídos até final do ano, preparando o arranque no Ano Santo Compostelano 2021.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Catedral de Santiago de Compostela foi construída entre 1075 e 1128, em estilo românico, tendo sofrido depois várias reformas que lhe adicionaram elementos góticos, renascentistas e barrocos. Segundo a tradição, acolhe o túmulo do apóstolo Santiago Maior, padroeiro e santo protetor de Espanha, o que a converteu no principal destino de peregrinação cristã na Europa a seguir a Roma, através do chamado Caminho de Santiago, uma rota que se estendia por toda a Península Ibérica e Europa Ocidental.

A Catedral é o 4º monumento mais visitado de Espanha, foi declarada Bem de Interesse Cultural em 1896, sendo, o conjunto da cidade velha de Santiago de Compostela, classificado como Património Mundial da UNESCO.

A SAMTHIAGO® integra, nesta primeira fase, o projeto de “Restauración de la fachada sur y oriental del claustro y del esconce y de la torre del tesoro y de las cubiertas del ala oriental del claustro”, projecto coordenado e sob a responsabilidade da Trycsa / Fundación Catedral de Santiago.

De recordar que a empresa, que celebra este ano o seu 15º aniversário, foi recentemente incluída na lista oficial de empresas prestadoras de serviços autorizadas pelo Governo da Cidade do Vaticano, estando habilitada a operar em duas categorias principais de conservação e restauro: Lavori restauro (restauro e manutenzione dei beni immobili sottoposti a tutela) e Restauri speciali (Superfici decorate e beni mobili di interesse storico ed artistico)”. Tem ainda atualmente em curso, entre outras, a intervenção de “Conservação e restauro dos tetos mudéjares das naves e transeptos da Sé do Funchal”: trata-se do maior contrato público de prestação de serviços de Conservação e Restauro alguma vez celebrado em Portugal. A intervenção, do Governo Regional da Madeira, deverá estar concluída em 2021.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts