FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 25 Abr 2020

Viana do Castelo aprova Voto de Pesar pelas vítimas da COVID-19 e Voto de Louvor aos profissionais que lutam contra a pandemia

O executivo da Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou, em reunião ordinária, um Voto de Pesar pelas vítimas da pandemia por COVID-19. Em reunião ordinária, foi ainda aprovado um Voto de Louvor a todos os profissionais envolvidos no combate ao vírus.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

No Voto de Pesar, apresentado pelo Presidente da Câmara, pode ler-se que “Portugal e os portugueses têm sido confrontados, nas últimas semanas, com as graves consequências da COVID-19, doença qualificada pela Organização Mundial da Saúde como pandemia internacional” e que “a situação epidemiológica da COVID-19 tem tido uma evolução preocupante em todo o mundo e, em particular, na União Europeia, onde a sua intensidade e duração são ainda imprevisíveis”.

O Município tem vindo a implementar um conjunto de medidas extraordinárias e de caráter urgente, de forma a mitigar o impacto desta pandemia no concelho. “De realçar que os vianenses têm assumido uma elevada responsabilidade cívica ao acatar as determinações do Estado de Emergência para se confinarem nos seus locais de residência e evitarem a exposição no espaço público”, refere o voto.

“Infelizmente, e pese embora a dedicação sem limites, a competência, o profissionalismo e o enorme esforço de todos os profissionais, que de forma abnegada procuram diariamente combater esta pandemia, temos a lamentar no concelho e no país vítimas mortais pela COVID-19”.

Por isso, refere o documento, “não podendo ficar indiferente a esta realidade, a Câmara Municipal de Viana do Castelo expressa o seu pesar pelas vítimas mortais da COVID-19, enderençado às famílias enlutadas a sua solidariedade e as mais sentidas condolências”. 

O executivo aprovou ainda um Voto de Louvor que assinala o agradecimento “aos profissionais de saúde, às forças da proteção civil e segurança, aos bombeiros, às Instituições de Solidariedade Social, às Juntas e Uniões de Freguesia, aos agrupamentos escolares, aos funcionários municipais e dos serviços municipalizados e a todos os voluntários pelo trabalho, a generosidade e o empenho na defesa da vida, demonstrados todos os dias da sua incansável ação”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts