FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 05 Mai 2020

Cerveira repõe funcionamento condicionado de alguns serviços e equipamentos municipais

Na sequência do Plano de Desconfinamento anunciado pelo Governo, e cuja 1ª fase arrancou esta segunda-feira, 4 de maio, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira avaliou as condições de uma retoma gradual de alguns serviços e equipamentos municipais, ainda que com acesso condicionado devido à implementação de medidas de segurança à COVID-19. 

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Desde esta segunda-feira, o atendimento presencial ao público no edifício dos Paços do Concelho foi reposto em horário normal de funcionamento, com entradas intervaladas, e após um reforço das regras de segurança e disponibilização de equipamentos de proteção individual aos seus trabalhadores e munícipes (máscaras e desinfetante).

No que diz respeito aos equipamentos municipais, a reabertura será faseada por forma a respeitar a lotação reduzida e o distanciamento físico mínimo de 2m. Os primeiros a retomar a atividade serão a Biblioteca Municipal e Arquivo Municipal, a partir da próxima segunda-feira, 11 de maio.

Numa primeira fase, a Biblioteca Municipal disponibiliza o serviço de empréstimo domiciliário por marcação prévia (251 70 80 24 ou reservas.biblioteca@cm-vncverveira.pt) para agendar o levantamento da documentação evitando concentração de pessoas. O material requisitado será entregue em saco plástico com as devidas regras de segurança e os prazos de empréstimo serão alargados. Os utilizadores podem solicitar um máximo de cinco livros, dois DVD’s, dois CD’s e duas revistas por um período de um mês. Para facilitar a escolha, o utilizador deve aceder ao catálogo online da Biblioteca (http://opac.biblioteca.cm-vncerveira.pt/Pages/Search/AdvancedSearch.aspx) ou solicitar apoio telefónico ao serviço.

Quanto ao processo de devolução, os utilizadores devem trazer o material requisitado em saco plástico e a entrega ocorrerá no espaço do Auditório da Biblioteca Municipal, com o objetivo de evitar o cruzamento de circuitos de pessoas. A documentação devolvida terá de ficar em quarentena obrigatória de um período mínimo de nove dias, como medida para impedir qualquer possibilidade de contaminação.

No caso do Arquivo Municipal aplicam-se as mesmas regras de segurança, com a consulta presencial de documentação a realizar-se por marcação prévia via telefone ou email, identificando quais os materiais que necessita de consultar, de forma a agilizar a disponibilidade. Após consulta, o material utilizado será colocado em quarentena, nas mesmas condições implementadas na Biblioteca Municipal.

Tal como foi anunciado pelo Governo aquando da apresentação do Plano de Desconfinamento, também o executivo municipal de Vila Nova de Cerveira vai avaliando o impacto da retoma de atividade, e analisando a reabertura de outros equipamentos municipais, assim como alargar os serviços dos espaços entretanto abertos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts