FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Rádio Geice 18 Jun 2020

Câmara de Viana faz homenagem a Edmar Oliveira

O antigo autarca de Monserrate foi homenageado, hoje, com a atribuição do seu nome, a um pavilhão da Câmara Municipal de Viana do Castelo, situado na Praia Norte, pela sua notória participação na organização da Romaria d´Agonia.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Presidente da Câmara Municipal, José Maria Costa, realçou o homenageado como “uma pessoa polifacetada”, já que Edmar Oliveira trabalhou como soldador nos extintos Estaleiros Navais e, ao mesmo tempo, apresentava “uma intervenção cívica e política muito forte, tendo desempenhado funções autárquicas muitos anos e sendo reconhecido pela dedicação à arte e à cultura, com uma paixão enorme pelas festas do concelho, principalmente pelas Festas em Honra de Nossa Senhora da Agonia”.

Edmar Oliveira, que faleceu em fevereiro, com 78 anos da idade, foi homenageado no âmbito das comemorações dos 762 anos de atribuição do Foral Afonsino à cidade. O autarca vianense disse ser “de elementar justiça dar o nome do senhor Edmar ao pavilhão” pois este, como muitos funcionários municipais, “foi um construtor do Município”.

A proposta de homenagem fora apresentada, no mesmo mês, pelo Presidente da Câmara Municipal, para assinalar o “espírito de cidadania e de participação de Edmar Oliveira, em particular nas Festas da Senhora da Agonia, mas também noutras romarias do concelho”. Na altura, a proposta indicava que “a ele se deve muito do trabalho, da organização, da forma de estar e de colaborar com todas as comissões de festas do concelho”, servindo esta atribuição para “preservar a sua memória”.

O Presidente da Comissão de Festas da Romaria d’Agonia, António Cruz, realçou que além de ser “um artista”, Edmar Oliveira tinha “um gosto especial por tudo o que era de Viana e das festas”.

Também António Basto, da União das freguesias de Viana do Castelo (Santa Maria Maior e Monserrate) e Meadela, destacou “um homem bom, sempre muito

preocupado com os mais carenciados” e que “tentava sempre levar a bom porto as tarefas, fazendo da equipa de trabalho uma família”.

Edmar Oliveira reformou-se como chefe de soldadura dos extintos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) onde começou como aprendiz aos 14 anos. Foi também Presidente da Junta de Freguesia de Monserrate, na área urbana de Viana do Castelo, entre 12 de dezembro de 1982 e 14 de dezembro de 1997.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts