FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 04 Jun 2020

Cerca de 80 artistas e técnicos do sector cultural manifestaram-se em Viana do Castelo

Após divulgação das regras do Ministério da Cultura para regresso à atividade, sindicato dos profissionais do espetáculo considerou-as "frágeis" e por esse motivo decidiu protestar, hoje, nas ruas de várias cidades. A Praça da República, em Viana do Castelo, foi um dos palcos do protesto pacifico, que se realizou a nível nacional, recebendo cerca de 80 manifestantes do setor cultural.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Linda Rodrigues, actriz, encenadora e escritora de Viana do Castelo, uma das organizadoras da iniciativa na capital do Alto Minho, explicou tratar-se de “uma acção de solidariedade com o sector cultural”.

Linda, explicou aos jornalistas, que “a intenção desta iniciativa em Viana surge na impossibilidade de muitas das pessoas não terem hipótese de se deslocarem às cidades onde as manifestações foram convocadas pelo sindicato”.

Linda Rodrigues sublinha que “a ação de Viana do Castelo não é promovida pelo sindicato, mas cumpre as indicações e os propósitos da manifestação nacional “Parados. Nunca calados”.

A manifestação promovida pelo sindicato CENA-STE estava marcada, para esta quinta-feira, em Lisboa, Porto e Faro, mas também se realizou na capital do Alto Minho, com a participação, não só, de pessoas ligadas ao setor, mas também de um grupo de cidadãos de Viana do Castelo.

Fotos: Rádio Geice /DR

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts