FECHAR
Logo
Pedro Xavier 25 Jul 2020

Incêndios: Quase 300 militares no terreno entre hoje e segunda-feira

Um total de 279 militares da Marinha e do Exército vão estar entre hoje e segunda-feira no terreno para vigiar as zonas florestais e prevenir o risco de fogos rurais, anunciou o Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA).

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Segundo comunicado do EMGFA, aos 108 militares que já se encontravam em funções em grande parte do território nacional vão juntar-se mais 171, divididos em 19 patrulhas, cinco da Marinha e 14 do Exército.

As ações de patrulhamento dissuasor e vigilância vão centrar-se nos distritos de Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

O reforço do contingente no terreno resulta de um pedido da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

A Proteção Civil alertou quinta-feira para o aumento do risco de incêndios para níveis “máximo ou muito elevados” nas regiões do Norte, Centro, Vale do Tejo, Alentejo e Algarve e para “elevado” no restante território do continente.

A ANEPC indicou que são esperadas “condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais”, em especial nas regiões do Centro e Sul do país, devido à previsão de tempo e seco.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts