FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 15 Jul 2020

Portugal de fronteiras abertas garante que não há entraves à vinda dos emigrantes

A secretária de Estado das Comunidades, Berta Nunes, garantiu hoje durante um debate com representantes das comunidades portuguesas, que as fronteiras terrestres e aéreas estão abertas e não há entraves à entrada e saída de Portugal.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

No decorrer da conferência digital “Portugal Seguro – Férias dos Tempos de Pandemia”, organizado pelo grupo parlamentar do PS, Berta Nunes afirmou que “Portugal é um país seguro” e que, além dos casos identificados em 19 freguesias na Grande Lisboa, “o restante país tem poucos casos”.

A governante começou por esclarecer que Portugal tem as fronteiras terrestres e aéreas abertas.

“Onde estão as principais comunidades – Alemanha, Suíça, França, Luxemburgo, não há qualquer problema em vir e voltar, exceção para a situação do Reino Unido, que temos esperança que se venha a alterar”, disse.

Para Berta Nunes, a atual “nova normalidade” não deve impedir a circulação, “nem deve impedir a Europa de abrir o mercado interno”.

“Não acreditamos em fecho de fronteiras, porque isso não vai resolver a situação. Não podemos ter as fronteiras fechadas, porque isso vai trazer outros problemas, que também matam, como a pobreza”, disse.

Berta Nunes considerou que não será a fechar as fronteiras que se vai resolver o problema, mas sim através das “medidas de vigilância, controlo quando as pessoas estiverem infetadas, a transparência, os testes”, medidas que estão a ser tomadas, “além da sensibilização das pessoas”.

“As nossas fronteiras estão abertas, mas há regras em Portugal que têm de ser cumpridas”, acrescentou.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts